MANDELA SPIRIT

马上开始. 它是免费的哦
注册 使用您的电邮地址
MANDELA SPIRIT 作者: Mind Map: MANDELA SPIRIT

1. ESTIMATIVA DE CUSTOS

1.1. Mansão Avenida Paulista 1811

1.1.1. R$ 950.000

1.2. Museu da Casa Brasileira

1.2.1. R$ 750.000

1.3. Matilha Cultural

1.3.1. R$ 350.000

2. O PROJETO

2.1. Um evento sensorial

2.1.1. Linha do tempo sensorial

2.1.1.1. A experiência contará a trajetória de Mandela por cada década, dentro de salas e espaços que brincam com todos os sentidos do corpo

2.1.1.1.1. 0 - 10

2.1.1.1.2. 10 - 20

2.1.1.1.3. 20 - 30

2.1.1.1.4. 30 - 40

2.1.1.1.5. 50 - 60

2.1.1.1.6. 60 - 70

2.1.1.1.7. 70 - 80

2.1.1.1.8. 80 - 90

2.1.1.1.9. 90 - 100

2.1.2. Mostra de Cinema

2.1.2.1. A extraordinária história dos filmes sul-africanos na era do apartheid

2.1.2.2. Os Iniciados

2.1.2.3. Distrito 9

2.1.2.4. Invictus

2.1.3. Gastronomia

2.1.3.1. Venda de Comida típica

2.1.3.1.1. Congolinária

2.1.3.1.2. Mamma Africa La Bonne Buffet

2.1.3.1.3. Biyou'Z

2.1.4. Moda

2.1.4.1. Venda de Roupas e Acessórios

2.1.4.1.1. Boutique de Krioula

2.1.5. Talks

2.1.5.1. Por trás da lenda, 3 grandes mulheres

2.1.5.2. Luta por direitos. Brasil x Africa do Sul

2.1.5.3. Jazz na África

2.1.6. Shows de música

2.1.6.1. O jazz, estilo musical de origem africana e atualmente muito popular na cidade, servirá de base artística para o enredo musical do evento

2.1.6.2. 5 shows

3. CONCEITO: FIND MADIBA IN YOU

3.1. 2018 marca o centenário do nascimento de Nelson Mandela. Isso oferece uma oportunidade única para as pessoas em todo o mundo refletirem sobre sua vida e seus tempos e promoverem seu legado. Em 2018, a Fundação Nelson Mandela procurará criar plataformas apropriadas para esse envolvimento através de um projeto multiplataforma em SP, que mostre a trajetória do Mandela ao público.

3.1.1. OBJETIVOS

3.1.1.1. Estimular o turismo do Brasil à África do Sul

3.1.1.2. Tornar esse legado mais disponível para aqueles comprometidos com as contínuas lutas por justiça.

3.1.2. KPI's

3.1.2.1. Cadastros no site

3.1.2.2. Novos seguidores

3.1.2.3. Venda de pacotes de viagem para África do Sul

3.1.3. PÚBLICO

3.1.3.1. Pessoas que estão pensando em viajar

3.1.3.2. Interesses

3.1.3.2.1. Consumidores de programas culturais na cidade

3.1.3.2.2. Shows, Artes e música, Comida de rua, Bebida destilada, Festas, Food truck, Lollapalooza, Rock in Rio, Bombay Sapphire, Viagem, Hypeness

3.1.3.3. Região

3.1.3.3.1. Paulistanos, que não conhecem a história negra

3.1.3.4. Comportamento

3.1.3.4.1. Programando viagem, férias, comemorações

4. QUANDO

4.1. 14 - 23 de Setembro

4.1.1. Exposição aberta durante 10 dias com 6 dias de atividades

5. LOCAIS

5.1. Museu da Casa Brasileira

5.1.1. Talvez a melhor opção, amplo espaço para exposição, shows e talks, além de conter infra própria.

5.2. Mansão Avenida Paulista 1811

5.2.1. Bem localizada, oferece amplo espaço para exposição, shows e talks. Porém sem infraestrutura própria para tal, com investimento alto

5.3. Matilha Cultural

5.3.1. No centro de SP, é um prédio de 3 andares, com espaço pequeno para shows e exposição, mas conta com um cinema bem interessante

6. PESSOAS

6.1. Influenciadores para Talks

6.1.1. Joice Berth

6.1.1.1. Feminista, Arquiteta e Urbanista.

6.1.2. Djamila Ribeiro

6.1.2.1. Pesquisadora, Filósofa e feminista negra

6.1.3. Negro Belchior

6.1.3.1. Palestrante/Conferencista sobre a temática “História das Lutas Sociais no Brasil”, “Questão Racial no Brasil” e “Direitos Humanos”

6.1.4. Preta rara

6.1.4.1. Professora de história e rapper

6.1.5. Eduardo Santana

6.1.5.1. Vocalista e trompetista da Afrojazz

6.2. Artistas Brasileiros

6.2.1. Afrojazz

6.2.2. Tássia Reis

6.2.3. MC Sofia

6.2.4. As Bahias e a Cozinha Mineira

6.2.5. Eko Afrobeat

6.3. Artistas Americanos

6.3.1. Akua Naru

6.3.2. China Moses

6.4. Artistas Sulafricanos

6.4.1. Sean Guti

6.4.2. BLK JKS

6.4.3. Goldfish

6.4.4. Freshlyground

6.4.5. Hugh Masekela

7. MARKETING & GERAÇÃO DE CONTEÚDO

7.1. Paid Media

7.1.1. Redes Sociais

7.1.2. Google

7.1.3. Revistas de Bairro

7.1.4. Mobiliário Urbano

7.2. Earned Media

7.2.1. Assessoria de Imprensa

7.2.1.1. Veículos de programação da cidade

7.2.2. Shareable Moments

7.2.2.1. Vídeos editados e disparados em real-time via Whatsapp.

7.3. Owned Media

7.3.1. Hotsite

7.3.1.1. Cadastros

7.3.1.2. Centralizador de informações

7.3.2. Mídia Impressa no Consulado

7.3.3. Redes Sociais

7.3.3.1. Facebook

7.3.3.1.1. Vídeos Explicativos

7.3.3.2. Instagram

7.3.3.2.1. Fotos e Vídeos Curtos

7.3.3.3. Youtube

7.3.3.3.1. Cobertura dos shows

7.3.3.3.2. Íntegra dos Talks

8. INTERVENÇÃO DIA 18 DE JULHO

8.1. Intervenções provocativas em locais públicos da cidade analisando o comportamento. Mensagem: 'Parece absurdo? Isso já foi realidade'

8.1.1. Bebedouros para Brancos e negros

8.1.2. Placas Permitida a Entrada Só de Brancos

8.1.3. Quadras no Parque do Ibirapuera: Só para brancos, só para negros

8.2. Locais

8.2.1. Parque do Ibirapuera

8.2.2. Vão do Masp

8.2.3. Praça da Liberdade

8.2.4. Escadaria do Jazz

8.2.5. Praça Marechal Deodoro

8.2.6. Berrini/Faria Lima

8.2.7. Teatro Municipal

8.2.8. Praça Herois da FEB

8.3. Geração de Conteúdo

8.3.1. Período das Intervenções: 20/06 - 25/06

8.3.2. Lançamento vídeo reações: 18 de Julho

8.3.3. Show de jazz na rua: Primeira exibição do vídeo

9. DESCRIÇÃO DE CUSTOS

9.1. Espaço

9.2. Artístico/Palestrantes

9.3. Produção Geral

9.4. Foto e Vídeo

9.5. Staff

9.6. Sonorização

9.7. Iluminação

9.8. Intervenções Tecnológicas

9.9. Mídia Paga

9.10. Alimentação & Bar