Suporte ao Sistema Operacional

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Suporte ao Sistema Operacional por Mind Map: Suporte ao Sistema Operacional

1. algumas instruçoes que só podem ser dadas pela SO (E/S)

2. É EXECUTADO PELA μP

3. SO

3.1. Conveniência

3.2. Eficiência

4. o que o sistema necessita?

4.1. Usuário final

4.2. Programas Aplicativos

4.3. Utilitários

4.4. Sistema Operacional

4.5. Hardware do computador

5. o que a SO oferece?

5.1. Criação de programas

5.2. Execução de programas

5.3. Acesso aos dispositivos de E/S

5.4. Acesso controlado aos arquivos

5.5. Acesso ao sistema para recursos compartilhados

5.6. Detecção e respostas a erros

5.7. Contabilidade

6. dois aspectos da SO

6.1. é executado pela μP

6.1.1. DEIXA A μP DE LADO PARA PEGAR O CONTROLE DEVOLTA

6.1.1.1. É como um progama qualquer

7. tipos de SO

7.1. Monoprogramado

7.1.1. O μP carrega para a memória principal (MP) e executa apenas um programa de cada vez

7.2. Multiprogramado

7.2.1. Diversos programas são carregados simultaneamente na MP, e o tempo do μP é dividido entre eles

8. Características de um SO

8.1. Interrupções

8.1.1. consegue controlar o μP mesmo com progama do usuario abertos

8.2. Proteção de memória

8.2.1. os progamas do usuario não alteram a memoria da SO

8.3. Temporização

8.3.1. para evitar que um progama use todo o processador

8.4. Instruções privilegiadas

9. MULTIPROGAMAÇÃO

9.1. É um processo que a SO utiliza o temporizador passando de um processo ao outro rapidamente dando ideia de multiprogamação

9.1.1. ha tambem a monoprogamação mas a multiprogamação é muito mais eficiente diminuindo o processo inteiro pela metada do tempo

9.1.1.1. para haver a multiprogamação é necessario escalonamento e o gerenciador de memoria (MP)

9.1.1.1.1. tem varios tipos de escalonamentos

10. memoria

10.1. Memória é dividida à priori em partes iguais de tamanho fixo denominadas blocos

10.1.1. Desperdício é reduzido

10.1.1.1. Espaço desperdiçado é apenas uma fração do último bloco alocado ao processo

11. Memória Virtual

11.1. Cada página de um processo é trazida para a memória apenas quando é necessária( ou seja é mais lenta)

11.2. É possível que um processo seja maior que toda a área da memória principal ( por isso utilizar a meroria virtual

12. IPT

12.1. Há apenas uma Tabela de Páginas

12.2. Tipos – IPT Linear – IPT com Função Hash

12.2.1. IPT Linear

12.2.1.1. Ocupa pouco espaço

12.2.1.2. Busca demorada

12.2.2. IPT com Função Hash

12.2.2.1. Ocupa um pouco mais de espaço

12.2.2.2. Busca acelerada (com uso de apontadores)

13. TLB

13.1. MP requer

13.1.1. Acesso à Tabela de Páginas

13.1.2. Acesso efetivo à MP para obtenção dos dados

13.1.3. solucionar este problema

13.1.3.1. existe a TLB

14. Conceitos de Segmentação

14.1. Espaço de endereçamento lógico do processo é dividido em segmentos de vários tamanhos

14.1.1. segmentos de código, dados e pilha

14.1.1.1. MP é particionada em Quadros

14.1.1.2. Espaço de endereçamento lógico do processo é dividido em segmentos de vários tamanhos

14.1.1.3. Segmentos são paginados

14.1.1.4. Páginas de um segmento são alocadas em Quadros da MP

14.2. segmentos são carregados para a MP

14.3. Segmentos são carregados em qualquer posição livre da MP