Estudo exploratório sobre a implementação de Gov TI e seu impacto no alinhamento da TI com os neg...

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Estudo exploratório sobre a implementação de Gov TI e seu impacto no alinhamento da TI com os negócios por Mind Map: Estudo exploratório sobre a implementação de Gov TI e seu impacto no alinhamento da TI com os negócios

1. Introdução

1.1. Dependência crítica do negócio com relação a TI

1.2. A Gov TI deve permitir que a TI esteja alinhada com as necessiddes do negócio

1.3. Assunto pouco explorado pela meio acadêmico

1.4. Intenção é contribuir para o domínio da Gov TI tanto no meio acadêmico como no auxílio aos profissionais

2. Definição das questões de pesquisa

2.1. Como são as organizações que aplicam a Governança de TI?

2.2. Qual é a relação entre Governança de TI e o alinhamento da TI com os negócios?

3. Definição do escopo da pesquisa

3.1. Baseado no trabalho de Cook e Campbell (1979)

3.1.1. Afirmam que há sempre um ato de equilíbrio entre diferentes tipos de validade

3.1.2. Tipos de validação por ordem de importância:

3.1.2.1. Interna

3.1.2.2. Construção

3.1.2.3. Conclusão estatítica

3.1.2.4. Externa

3.2. Pesquisa aplicada - Validade interna

3.3. Setor de serviços financeiros

3.4. Justificativa: porque foi o primeiro a utilizar TI e já está mais amadurecido

3.5. Redução da população

3.5.1. Geográfica: Belgas

3.5.2. Tamanho: médias para grandes empresas

3.6. Gestores de nível superior

4. Metodologia

4.1. As pesquisas relacionadas com as ferramentas de Gov TI e o seu relacionamento com o negócio ainda são incipientes

4.2. Pretende ser base para futuras pesquisas

4.3. Métodos de pesquisa utilizados

4.3.1. Pesquisa bibliográfica

4.3.1.1. Foi utilizada para elaborar uma lista inicial de estruturas, processos e mecanismos relacionais

4.3.1.2. Não focava só serviços financeiros belgas

4.3.2. Estudo de caso piloto

4.3.2.1. Para complementar a pesquisa bibliográfica

4.3.2.2. 1 caso em profundidade e 5 mini-casos

4.3.2.3. Entrevistas com gerentes de negócios e de TI

4.3.3. Delphi

4.3.3.1. Para auxiliar na ampliação da lista

4.3.3.2. Processo para auxiliar a compreenção das opiniões de um grupo em temas mais complexos (LINSTONE; TUROFF, 1975)

4.3.3.3. Adequado para estudos exploratórios d envolvendo construção de teoria sobre questões complexas, interdisciplinares, envolvendo uma série de tendências novas e futuras (AKKERMANS et al, 2003)

4.3.3.4. 29 especialistas de TI e de negócios com informações sobre as organizações do setor de serviços financeiros belgas

4.3.3.5. 22 - 6 especialistas de negócio/auditoria; 8 diretores de TI; 8 consultores de negócio e TI

4.3.3.6. 3 rodadas de questionários consecutivas

4.3.3.7. 1ª rodada - baseada nas pesquisas anteriores - comentavam sobre as práticas levantadas - podiam recomendar a alteração, adição, exclusão - Obj: validação da lista para o setor em estudo

4.3.3.8. 2ª rodada - classificavam de 0 a 5 as práticas validadas na primeira rodada com relação a facilidade de implementação e deveriam listar as 10 principais

4.3.3.9. 3ª rodada - deveriam reavaliar as suas próprias pontuações da segunda rodada, considerando as médias do grupo - W de Kendall - 0,53 pode ser considerado um resultado confiável

4.3.4. Pesquisas de referência / Benchmarking

4.3.4.1. Objetivo foi medir o alinhamento em uma amostra de organizações

4.3.4.2. 13 foram contactadas - 10 aceitaram participar

4.3.4.3. Foi solicitado que os gerentes seniors de TI respondessem um questionário

4.3.4.4. Questinário 22 questões - Escala de 0 a 5 - Luftman (2000) e Cumps, Viaene, Dedene e Vandenbulcke (2006) - validado por Sledgianowski, Luftman e Reilly (2006)

4.3.5. Pesquisa de caso extremo

4.3.5.1. Util para obter informações sobre casos incomuns - problemáticos ou bons (FLYVBJERG, 2006)

4.3.5.2. 2 empresas com maior grau de maturidade no alinhamento

4.3.5.3. 2 empresas com menor grau de maturidade de alinhamento

4.3.5.4. Tamanho de amostra ideal (EISENHARDT, 1989)

4.3.5.5. Com cada uma foi organizado um workshop de 2 a 3 horas com o gerente de TI e o de negócios para verificar a maturidade das práticas de alinhamento de TI e os negócios - o ponto de partida foi a lista utilizada no início da Delphi - 33 itens- foram convidades a chegar a um consenso utilizando a escala proposta pelo ITGI

5. Resultados e discussão

5.1. Pesquisa bibliográfica e estudo de caso piloto

5.1.1. Cumprir as exigências da SOX

5.1.2. Economias de escala depois de fusões e aquisições

5.1.3. Pressão sobre o orçamento

5.1.4. Tabela 3

5.2. Delphi

5.2.1. 33 práticas apra o setor de serviços financeiros belga

5.2.2. Tabela 4

5.2.3. Mais eficaz ou mais fácil de implementar

5.2.4. Tabela 5

5.3. Pesquisas de referência / Benchmarking

5.3.1. Tabela 6

5.3.2. 44 diretores de TI e 40 gestores de negócio participaram

5.3.3. Distribuição em forma de sino foi encontrada em Cumps et al (2006), proporcionando confiança no instrumento

5.3.4. Média 2,69 - só significativa quando comparada com outros setores

5.3.5. Para um setor com alta necessidade de TI e com certa maturidade é considerado uma média baixa - pelo menos 3

5.3.6. Fortune 500 - 2,17 - Luftamann (2003)

5.4. Pesquisa de caso extremo

5.4.1. Tabela 7

5.4.2. A - 1,5

5.4.3. B - 1,37

5.4.4. I - 2,21

5.4.5. J - 3,11

5.4.6. Melhor desempenho: estrutura - processos

5.4.7. Mais difícil de implementar processos do que estruturas

5.4.8. Os mecanismos relacionais não foi claramente demonstrado na pesquisa

5.4.9. Os com indicadores mais altos implementaram há mais tempo - e relataram que no início foi gasto muita energia na gestão das mudanças nos negócios, criação de consciência...

5.4.10. Os mecanismos relacionais são mais importantes no início do processo

5.4.11. Tabela 8

6. Conclusões

6.1. Recomendações para os profissionais

6.1.1. Iniciar com as setes ferramentas básicas e depois complementar com as outras

6.1.2. No início do processo dar atenção para os mecanismos relacionais para garantir o comprimetimento das pesssoas

6.2. Pesquisa futura

6.2.1. Impacto das contingências específicas dessa indústria, geografia, tamanho da organização e do departamento de TI, estratégia de negócios...

6.2.2. Como as organizações evoluem ao longo do tempo

6.2.3. Pesquisa com correlação estatística - validar os resultados