Persona 1 "Bancária Casada quer Segurança"

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Persona 1 "Bancária Casada quer Segurança" por Mind Map: Persona 1 "Bancária Casada quer Segurança"

1. 2) O que ela precisa fazer

1.1. O que ela precisa fazer de diferente?

1.1.1. Aprender e aplicar exercícios para melhorar sua saúde emocional

1.1.2. Melhorar sua organização e produtividade pessoal

1.2. Quais tarefas ela quer ou precisa fazer?

1.2.1. Baixar e ler o e-book Os 7 Inimigos do Bancário Estressado

1.2.2. Exercícios/práticas de psicologia

1.2.3. Usar ferramentas de organização e produtividade pessoal

1.2.4. Psicoterapia

1.3. Como saberemos se ela foi bem sucedida

1.3.1. ?

2. Dores

2.1. Bancário sofre, sabe que sofre mas não abre mão do trabalho devido à segurança financeira.

2.2. Metas abusivas

2.3. Constantes interrupções

2.4. Baixo reconhecimento profissional

2.4.1. Medo de perder o emprego a qualquer momento se não alcançar as metas,

2.4.2. Com medo do desemprego e do que as pessoas vão achar se ele perder esse emprego dos sonhos.

2.4.3. Sente-se incompetente às vezes. Uma fracassada quando tem dificuldades e falhas no dia a dia.

2.5. Estresse e burnout

2.5.1. Em alguns dias não tem vontade de levantar-se da cama para trabalhar.

2.5.2. Insônia, dores no corpo, cansaço frequente, angústia, estresse, irritação, desconta muitas das vezes no parceiro, família e pessoas próximas.

2.5.3. Devido à tensão no trabalho, com certa frequência tem discussões com o marido.

2.6. Pouco ou nenhum treinamento

2.7. Ter que lidar com falhas nos sistemas, processos ou de colegas em outros departamentos.

2.8. Sentir-se penalizado por passar por acompanhamento psicológico ou psiquiátrico e tomar medicamentos calmantes.

2.8.1. Há dias em que falta o trabalho com justificativa médica.

2.9. Sensação diária de estar girando como um ratinho na gaiola.

2.10. Dores do Millenial

2.10.1. Ansiedade

2.10.2. Imediatismo

2.10.3. Dificuldade de lidar com o tédio

2.10.4. Dificuldade de rir de si mesmo

2.11. O que a deixa triste

2.11.1. Não bater as metas

2.11.2. Feedbacks agressivos

2.11.3. Cobranças excessivas diariamente

2.11.4. Pensar que pode ser demitida

3. Copy

3.1. Uma copy não fala do seu produto. Fala a respeito da Persona.

3.2. A base de toda venda é a credibilidade.

3.3. Conversar com a pessoa através de e-mails de vendas. Traga ela pro seu lado e converse com ela no mesmo lado da mesma.

3.4. Palavras importantes: você (50 a 60% da copy) e eu (tom informal). Isso vai criar empatia.

4. Mapa da Empatia

4.1. O que escuta dos colegas?

4.1.1. Reações de clientes

4.1.2. Problemas no sistema

4.1.3. Dificuldades nos processos de trabalho

4.1.4. Fofocas de outros colegas

4.1.5. Reclamações da chefia

4.1.6. Falta de treinamento quando são lançados novos produtos

4.2. O que a Persona vê?

4.2.1. No meio profissional?

4.2.1.1. Computador o tempo todo.

4.2.1.2. Clientes.

4.2.1.3. Celular / WhatsApp.

4.2.1.4. Fila de clientes (nervosos) esperando atendimento.

4.2.1.5. Diversos sistemas do banco abertos no computador ao mesmo tempo.

4.2.2. No seu ambiente?

4.2.2.1. Filho para cuidar.

4.2.2.2. Marido (vê pouco por causa do trabalho dos dois).

4.2.2.3. A casa inteira para limpar no fim de semana.

4.2.2.4. Levar o filho na escola antes de ir ao trabalho.

4.2.3. Os outros falando e fazendo?

4.2.3.1. Vendo novelas

4.2.3.2. Vendo Netflix

4.2.3.3. Vendo futebol

4.2.3.4. Saindo para beber toda sexta-feira

4.2.4. O que está lendo ou assistindo?

4.2.4.1. Netflix (especialmente séries)

4.2.4.2. Gosta de livros de autoajuda, mas ultimamente tem tido pouco tempo para ler.

4.3. Quando acorda, o que pensa?

4.3.1. De novo mais um dia repetitivo e cansativo de trabalho no banco.

4.3.2. Tem vezes que dá vontade de chorar.

4.4. O que faz de noite, antes de dormir?

4.4.1. Assiste filme ou série no Netflix.

4.4.2. Vai à faculdade à noite.

4.5. Como vai ao trabalho?

4.5.1. Ônibus.

4.5.2. Tempo: 30min.

4.5.3. Vai escutando música (no carro ou condução), ou lendo.

4.6. O que a impede de mudar

4.6.1. Comodismo

4.6.2. Medo do novo, do desconhecido

4.6.3. Autossabotagem

4.6.4. “Melhor não mexer com o que está quieto"

4.6.5. Medo de críticas

4.7. O que a Persona escuta?

4.7.1. O que escuta dos familiares e amigos?

4.7.1.1. Bancário sempre tem dinheiro.

4.7.1.1.1. Responde: "Não sou caixa eletrônico."

4.7.1.2. Bancário só trabalha 6h, então é tranquilo.

4.7.1.3. Lembra quando você estava desempregado?

4.7.1.4. Eu também ralo muito no meu trabalho e não gosto do que faço.

4.7.2. O que escuta dos pais?

4.7.2.1. Que sentem orgulho do filho trabalhar no banco e ter um trabalho bom e estável.

4.7.2.1.1. Quando ela lamenta alguma dificuldade, eles dizem que é bobagem e o trabalho é assim mesmo, que "vai passar".

4.7.3. O que escuta do cônjuge?

4.7.3.1. Não descarrega em mim todo esse estresse do banco!

4.7.4. Quais personalidades escuta?

4.7.4.1. Educação Financeira

4.7.4.1.1. Nathalia Arcuri

4.7.4.2. Política

4.7.4.2.1. Bolsonaro

4.7.4.2.2. Meritocracia

4.7.5. O que gosta de ouvir?

4.7.6. Em casa?

4.7.6.1. Que está cada dia mais estressada, sem paciência

4.7.6.2. Que só fala de banco,

4.7.6.3. Que não tem tempo para a família,

4.7.6.4. Que ninguém pode falar nada para ela

4.8. Professores conhecidos

4.8.1. Edgar Abreu

4.9. Quais canais de mídia usa?

4.9.1. Facebook

4.9.2. YouTube

4.9.3. Netflix

4.10. Que músicas escuta?

4.10.1. 80`s, 90`s

4.11. Como se veste?

4.11.1. Homem

4.11.1.1. Barba feita

4.11.1.2. Roupa social, conservadora, sem ser ousada.

4.11.2. Mulher

4.11.2.1. Maquiada, bem arrumada

4.11.2.2. Roupa social, conservadora, sem ser ousada.

4.12. Quais são as mentiras que ela conta?

4.12.1. Capitalização é um bom investimento.

4.13. O que a Persona fala?

4.13.1. O que ela diz a si mesma quando se depara com a dor?

4.13.1.1. Preciso aguentar por causa do dinheiro.

4.13.2. O que ela diz quando se depara com a dor?

4.13.2.1. O trabalho no banco é só 6h.

4.13.3. O que ela fala para os pais, filhos, cônjuge?

4.13.3.1. Não aguento mais trabalhar no banco.

4.13.4. O que fala para os superiores?

4.13.4.1. Acata.

4.13.4.2. Dificilmente questiona.

4.13.4.3. Concorda em fazer o que solicitam, mas procrastina.

4.13.5. O que fala para os subordinados?

4.13.5.1. Não tem subordinados.

4.13.6. O que fala para os clientes?

4.14. Sonhos e frustrações

4.14.1. O sonho que ela tinha de ter um bom trabalho e que se realizasse nele. Em algum momento teve o desejo de ter certa estabilidade financeira em um trabalho de 6h. Resgatar o sentimento de realização dela (com o próprio trabalho bancário ou outro sonho que ela deixou em algum momento, outro concurso, ou abrir um negócio).

4.14.2. A pessoa que sonhava em ter uma profissão em que se realizasse nela e o sistema bancário a enquadrou em um trabalho altamente estressante (1) e com pouco reconhecimento profissional (2).

4.15. O que escuta do chefe?

4.15.1. Cobrança de metas do semestre

4.15.2. Campanhas-foco do banco

4.15.3. Tem que fazer CPA

4.15.4. Reunião amanhã

4.15.5. Nosso emprego depende do nosso desempenho.

4.16. Sentimentos que mais tem hoje

4.16.1. Fracasso

4.16.2. Medo

4.16.3. Ansiedade

4.16.4. Angústia

4.16.5. Estresse

4.16.6. Raiva

4.17. Como gostaria de se sentir

4.17.1. Mais calma

4.17.2. Feliz com o que faz

4.17.3. Mais relaxada

4.17.4. Conseguindo aproveitar seus momentos livres e com a família

5. Mensuração do sucesso do cliente

5.1. SMART

5.2. O que a Persona considera como resultado?

5.2.1. Sensação de realização na vida.

5.2.1.1. Conseguir conciliar o trabalho com a vida.

5.3. Como ela considera que é sucesso ao adquirir o produto?

5.3.1. Que ela encontre estratégias

5.4. Como vou dizer a ela sobre o sucesso/resultado?

5.4.1. Treinamento de desenvolvimento pessoal para ela não ser vítima das dificuldades e criar a realidade que quer para sua vida.

5.5. O que vai obter após contratar o serviço?

5.5.1. Treinamento de desenvolvimento pessoal para ela não ser vítima das dificuldades e criar a realidade que quer para sua vida.

6. 1) Com quem estamos sendo empáticos

6.1. Flávia

6.1.1. Em qual situação ela está?

6.1.1.1. Em um trabalho estressante e ela não sabe muito bem como lidar com as demandas do trabalho. Sente que se desgasta muito e gostaria de ter mais tempo de qualidade com a família.

6.1.2. Qual é o papel dela nessa situação?

6.1.2.1. Ela se sente presa em um trabalho que gera momentos de ansiedade, angústia e estresse. Sabe que pode fazer algo para melhorar sua saúde emocional, qualidade de vida com a família e saúde emocional, mas não tem clareza sobre quais alternativas tem para atingir esses objetivos.

6.2. Dados Demográficos

6.2.1. Idade

6.2.1.1. 30

6.2.2. Gênero

6.2.2.1. Feminino

6.2.3. Educação

6.2.3.1. Superior em andamento

6.2.3.1.1. Administração

6.2.4. Trabalho

6.2.4.1. Atendimento ao público (plataformista) PF

6.2.5. Salário

6.2.5.1. R$4.000 (líquido)

6.2.6. Localização

6.2.6.1. Porto Alegre

6.2.7. Família

6.2.7.1. Casada

6.2.8. Filhos

6.2.8.1. Sem filhos

6.2.9. Interesses

6.2.9.1. Estabilidade financeira, ter uma família feliz

6.3. Como é o trabalho

6.3.1. Focado em metas diárias, semanais, mensais e semestrais.

6.3.2. Ambiente estressante, pois, boa parte deles lidam com o público.

6.4. Como são os relacionamentos

6.4.1. Difíceis, tanto no âmbito pessoal como no profissional.

6.4.2. No trabalho, devido ao foco total em vendas, se encontra extremamente estressado, não consegue se relacionar com os colegas de trabalho a não ser para traçar planos para atingir as metas.

6.4.3. Em casa não consegue se desligar do trabalho, e por isso sua qualidade de vida com seus entes queridos está ameaçada.

6.4.4. No Happy Hour, toda a conversa e direcionada para assuntos do banco.

6.5. O que ele pensa com relação a vida

6.5.1. Quer trabalhar muito pois, pensa no futuro, e no quanto os benefícios do banco são bons, e que nenhuma empresa será capaz de oferecer isso, além de ser a empresa dos sonhos de muitas pessoas.

6.5.2. Quer buscar encarreiramento sempre, pois pessoas estagnadas no banco não são bem vistas, e não pode ficar muito velho, no banco tem idade limite para buscar novos cargos.

7. Objetivos/desejos

7.1. Vida saudável

7.1.1. Ter uma vida melhor do que tinha antes do trabalho no banco.

7.2. Dar boas condições materiais à família.

7.3. Vida mais calma

7.3.1. Passar mais tempo com o esposo e a família.

7.4. Terminar a faculdade.

7.5. Crescer na empresa. (passar em algum processo seletivo interno, tornando-se gerente na agência ou ir para algum departamento).

7.6. Desejos

7.6.1. Viajar

7.6.2. Ter produtos caros e de marca

7.7. Qual a transformação que ela está buscando

7.7.1. Uma vida mais tranquila, onde as metas não sejam sua maior inimiga.

7.7.2. Sem o medo constante de perder o trabalho.

8. Desafios

8.1. Gerenciar o estresse.

8.2. Manter a performance esperada no trabalho (metas) e realizar bom atendimento aos clientes.

8.3. Conciliar o trabalho estressante com os interesses pessoais. Aprender a se desgastar menos no trabalho e ter energia suficiente para as outras áreas da vida.

9. Valores

9.1. Segurança

9.2. Família

9.3. Sucesso profissional

9.4. Excelência

9.5. Valores dos Millennials

9.5.1. São conectados

9.5.2. Valorizam a experiência acima de tudo

9.5.3. Trabalhar em empresas que priorizem gente sobre lucro

9.5.4. Investem no desenvolvimento de comunidades

9.5.5. Permitem-se trabalhar sob a tutela de líderes inspiracionais e estratégicos

10. Objeções

10.1. O que o impede de buscar ajuda de um psicólogo

10.1.1. "O trabalho no banco é assim mesmo."

10.1.2. "Quem tem que mudar é o banco, não eu."

10.1.3. "É impossível sair dessa situação."

10.1.4. "O banco é que deveria fornecer treinamento para desenvolvimento pessoal."

10.1.5. "Psicólogo é coisa de maluco."

10.1.6. "Não tenho tempo para essas coisas."

10.1.7. "Não estou doente, é só uma fase, vai passar."

11. Worldview

11.1. Personality

11.2. Motivation for Online Activity

12. Awareness

13. Fontes

14. Vocabulário

14.1. Cadastro

14.2. Conta Corrente

14.3. Seguro

14.4. Capitalização

14.5. Consórcio

14.6. Empréstimo

14.7. Consignado

14.8. INSS

14.9. Prova de Vida

14.10. CPF

14.11. CNPJ

14.12. Sócios

14.13. Cartão de Crédito

14.14. SPC

14.15. Protesto

14.16. SISBACEN

14.17. Metas

14.18. Produção do dia

14.19. Gerente

14.20. Caixa, cash

15. Quadro Mental

15.1. Dor presente

15.2. Prazer futuro

15.3. Dor futura caso não resolva hoje o problema

16. Pontos de Conexão

16.1. Se unir com as dores. Falar que já passei por isso e sei como é.

16.2. Unir suas dores e propor uma solução.

16.3. Aprender que o maior inimigo não é o sistema do banco, e sim nós mesmos (com a nossa forma de lidar com a situação).

16.3.1. Liberdade de escolha.

17. Características

17.1. Características dos Millennials

17.1.1. Geração Y

17.1.1.1. Nascimento

17.1.1.1.1. Década de 80 a início dos anos 2000

17.1.1.2. Desenvolveram-se em uma época com grandes avanços tecnológicos e prosperidade econômica.

17.1.1.2.1. Como que as pessoas viviam sem o Google, cara?

17.1.1.2.2. Se a geração X foi concebida na transição para o novo mundo tecnológico, a geração Y foi a primeira verdadeiramente nascida neste meio, mesmo que incipiente.

17.1.1.2.3. Os millennials estão a um clique de resolver alguma dúvida ou obter informação.

17.1.2. Ainda são bem JOVENS.

17.1.2.1. Embora provavelmente melhores do que todas as gerações que os antecederam -como esperamos que as próximas gerações sejam - eles continuam sendo, bem, jovens.

17.1.3. Relações humanas

17.1.3.1. As crianças tendem a interagir menos com os pais e os professores, uma vez que eles conseguem achar o que procuram de maneira mais rápida na tela de computador.

18. Medos

19. Como o psicólogo pode ajudar

19.1. Métodos

19.1.1. Terapia

19.1.1.1. Atendimento Presencial

19.1.1.2. Atendimento Online

19.1.2. Psicoeducação

19.1.2.1. Blog

19.1.2.2. Vídeos

19.1.2.3. E-books

19.1.2.4. Redes Sociais

19.2. Alcançar quais benefícios

19.2.1. Auxiliar na diminuição da ansiedade, com exercícios de relaxamento, atividades físicas, praticar seus hobbies. Melhorar transtorno de sono, estresse e irritabilidade.

19.2.1.1. Autocuidados

19.2.2. Ressignificar seu trabalho e o sentido dele em sua vida.

19.2.2.1. Significado/Propósito de Vida

19.2.2.2. Psicologia do Trabalho

19.2.3. Desenvolver flexibilidade psicológica para melhorar a qualidade nos relacionamentos amorosos e profissionais.

19.2.3.1. Flexibilidade Psicológica

19.2.3.2. Mindfulness

19.2.4. Ensinar a gerenciar suas tarefas diárias.

19.2.4.1. Produtividade Pessoal

19.2.5. Auxiliar a conhecer e controlar as emoções.

19.2.5.1. Inteligência Emocional