Polo Asprela RP

Plan your projects and define important tasks and actions

Começar. É Gratuito
ou inscrever-se com seu endereço de e-mail
Polo Asprela RP por Mind Map: Polo Asprela RP

1. Nota de imprensa

1.1. Comunicação evento

1.2. Divulgação polo

1.3. Referir canais onde queremos aparecer

2. PÚBLICO-ALVO

2.1. Alunos

2.1.1. Futuros

2.1.2. Atuais

2.1.3. Alumni

2.2. Comunidade local

2.2.1. Fixos

2.2.2. Ocasionais

2.3. Tutores

2.4. Académicos

2.4.1. Professores

2.4.2. Investigadores

2.4.3. Especialistas convidados

2.5. Comunicação Social

2.5.1. Radio

2.5.2. Televisão

2.5.3. Imprensa escrita

2.5.4. Comunidades Sociais

2.6. Prestadores de serviços

2.6.1. Diretos

2.6.2. Indiretos

2.6.3. Prospect

2.7. Entidades Governamentais

2.7.1. Forças de segurança

2.7.2. Orgãos de gestão

2.7.3. Poder local e central

2.8. Instituições de ensino

2.8.1. Membros do Polo

2.8.2. Instituições Limitrufe

2.8.3. Instituições Nacionais

2.8.4. Instituições Internacionais

2.9. Investidores

2.10. Centros de investigação

2.10.1. Bolseiros

2.10.2. Docentes

2.11. Star-Ups

3. ANÁLISE DA SITUAÇÃO

3.1. necessidade de projeção

3.1.1. Face a crescente oferta educativa o Polo da Asprela tem necessidade de se destacar a nivel académico.

3.2. Estudos vs Vida

3.2.1. Hoje em dia os estudantes não procuram apenas um local para estudarem mas também para viver.

3.3. Atração de capital/investigação

3.3.1. São várias as empresas que apostam na investigação académica como um meio para desenvolver os seus produtos/serviços. Ser competitivo neste aspeto traduz-se na eficácia de conseguir assegurar fundos para financiamento de investigação e que os resultados desta sejam uma mais valia para a realidade das organizações.

3.4. Captação de novos negócios

3.4.1. Lidando com jovens empreendedores, pavimentar o caminho para a criação de start-ups é uma forma de assegurar o crescimento e dinamizar o capital humano.

3.4.2. Para suportar este crescimento é necessário uma rede de prestadores de serviços externos que dinamizem o Polo e suportem o seu crescimento e funcionamento.

4. ESTRATÉGIA

4.1. Estratégia da mensagem

4.1.1. Públicos internos

4.1.1.1. Alunos e Docentes

4.1.1.1.1. Criação de um conceito de comunhão horizontal que permita a alunos e docentes, não só a troca de ideias como também a envolvência em projectos sócio-económicos que permitam transformar a figura do aluno/professor em parceiro de conhecimento.

4.2. Mensagem

4.2.1. O conhecimento transforma pessoas... as pessoas transformam o mundo.

5. OBJETIVOS

5.1. Fomentar a coesão

5.2. Atrair capital humano/talento

5.3. Desenvolvimento de parcerias

5.4. Criação de um "life-style"

5.5. Assegurar o crescimento coeso

6. TÁCTICAS

6.1. Organização de eventos

6.1.1. FEUP - Lançamento do projeto

6.1.1.1. Workshops

6.1.1.1.1. Asprela Talks

6.1.1.2. Sunset

6.2. Artigos de Opinião

6.2.1. Revista

6.2.2. Blog

6.3. Semana de receção da Academia do Porto

6.4. 40 dias antes do evento 1 vez por semana

6.4.1. ultima semana 1 comunicação por dia

6.5. Relação com os meios de comunicação social

6.6. Redes Socias

6.6.1. Dar voz a residentes

6.6.2. post no instagram

7. CALENDARIZAÇÃO

7.1. Asprela Talks

7.2. Frequencia

8. ORÇAMENTO

8.1. Catering

8.1.1. 1000€

8.2. Merchandising

8.2.1. 450€

8.3. Flyers

8.3.1. 150€

8.4. Deslocações Oradores

8.4.1. 3000€

8.5. Alojamento

8.5.1. 500€

8.6. Aluguer do espaço patrocinado

8.6.1. 1000€

9. AVALIAÇÃO

9.1. como avaliamos o sucesso do evento

9.1.1. questionário

9.1.2. métricas das redes sociais