DOENÇA INFLAMATÓRIA INTESTINAL

登録は簡単!. 無料です
または 登録 あなたのEメールアドレスで登録
Rocket clouds
DOENÇA INFLAMATÓRIA INTESTINAL により Mind Map: DOENÇA INFLAMATÓRIA INTESTINAL

1. TIPOS

1.1. PRIMÁRIA

1.1.1. D. DE CROHN

1.1.2. Uahsushsu

1.2. SECUNDÁRIA

1.2.1. DIVERTICULITE

1.2.2. APENDICITE

1.2.3. VASCULITE INTESTINAL

2. EPIDEMIOLOGIA

2.1. PICO BIMODAL

2.1.1. 15-30 ANOS

2.1.2. 60-70 ANOS

3. RETOCOLITE ULCERATIVA

3.1. CARACTERÍSTICAS

3.1.1. LIMITADA AO RETO E COLÓN (NÃO CHEGA AO INTESTINO DELGADO)

3.1.2. LIMITADA A MUCOSA INTESTINAL

3.1.3. É UNIFORME E ASCENDENTE (INICIA NO RETO E MIGRA PARA OUTRAS ÁREAS DO CÓLON)

3.2. EVOLUÇÃO

3.2.1. DESAPARECIMENTO DO PADRÃO VASCULAR

3.2.2. HEMORRAGIAS PUNTIFORMES

3.2.3. ULCERAÇÕES RASAS

3.2.4. PSEUDOPÓLIPOS

3.2.5. PERDA DAS HAUSTRAÇÕES COLÕNICAS + ESPESSAMENTO DA MUSCULATURA LISA =CÓLON COM ASPECTO DE CANO DE CHUMBO

3.3. CLÍNICA

3.3.1. QUADRO INSIDIOSO

3.3.2. DIARREIA BAIXA

3.3.2.1. EVACUAÇÕES

3.3.2.2. VOLUME FECAL

3.3.3. DIARREIA INVASIVA

3.3.3.1. SANGRAMENTO/ MUCO/PUS

3.3.4. CÓLICAS ABDOMINAIS EM QUADRANTE INFERIOR

3.3.5. URGÊNCIA FECAL

3.4. DIAGNÓSTICO

3.4.1. CLÍNICA + RX + ENDOSCOPIA + BIÓPSIA + ANTICORPOS

3.4.2. RX: CANO DE CHUMBO

3.4.3. RETOSSIGMOIDOSCOPIA FLEXÍVEL

3.4.4. AUTOANTICORPOS

3.4.4.1. P-ANCA (+) + ASCO (-)

3.5. COMPLICAÇÕES

3.5.1. SANGRAMENTO MACROSCÓPICO

3.5.2. CÂNCER

3.5.2.1. DISPLASIA DE ALTO GRAU É INDICAÇÃO CIRÚRGICA

3.5.2.2. VIGILÂNCIA: COLONOSCOPIA ANUAL

3.6. CIRURGIA

3.6.1. INDICAÇÕES

3.6.1.1. INTRATABILIDADE CLÍNICA

3.6.1.2. MEGACÓLON TÓXICO

3.6.1.3. HEMORRAGIA INCONTROLÁVEL

3.6.1.4. DISPLASIA DE ALTO GRAU

4. DOENÇA DE CROHN

4.1. CARACTERÍSTICAS

4.1.1. ACOMETE TODO O TRATO GASTROINTESTINAL (TGI)

4.1.2. É TRANSMURAL (NÃO LIMITADO A MUCOSA)

4.1.3. DISTÚRBIO SALTEADO / ALTERNADO (NÃO É UNIFORME DE ASCENDENTE)

4.2. EVOLUÇÃO

4.2.1. INICIA COM UMA PEQUENA ÚLCERA AFTOIDE EM QUALQUER LOCAL DO TGI

4.2.1.1. CRESCIMENTO

4.2.1.1.1. LATERAL

4.2.1.1.2. PENETRANTE

4.2.2. FREQUENTE NO ÍLEO E TERMINAL E INÍCIO DO CÓLON

4.2.2.1. SE DOR + FEBRE + LEUCOCITOSE EM FID

4.2.3. PODE EVOLUIR COM PROBLEMAS PERIANAIS EM 1/3 DOS PACIENTES

4.2.3.1. FISSURA

4.2.3.2. FÍSTULAS

4.2.3.3. ABSCESSOS

4.3. CLÍNICA

4.3.1. SINTOMÁTICO

4.3.2. DOR ABDOMINAL DIFUSA + PERDA DE PESO + FEBRE

4.3.3. SÍNDROME DISABSORTIVA

4.3.4. DIARREIA CRÔNICA

4.3.5. ILEOCOLITE INTENSA

4.3.6. DOENÇAS PERIANAIS

4.4. DIAGNÓSTICO

4.4.1. CLÍNICA + RX + ENDOSCOPIA + BIÓPSIA + ANTICORPOS

4.4.2. RX: PEDRA DE CALÇAMENTO

4.4.3. ÍLEOCOLONOSCOPIA

4.4.3.1. BIÓPSIA

4.4.3.1.1. GRANULOMA NÃO CASEOSO

4.4.4. AUTOANTICORPOS

4.4.4.1. P-ANCA (-) + ASCA (+)

4.4.5. ACHADO EXCLUSIVO

4.4.5.1. GORDURA MESENTÉRICA ADERIDA NA SEROSA INTESTINAL

4.5. COMPLICAÇÕES

4.5.1. ESTENOSE

4.5.1.1. COMPROMETIMENTO REPETITIVO DOS PLANOS PROFUNDOS

4.5.1.2. SINTOMAS OBSTRUTIVOS

4.5.1.2.1. DISTENSÃO / CÓLICA / DIARREIA PARADOXAL / PALPAÇÃO DOLOROSA

4.5.2. FÍSTULAS

4.5.2.1. MASSAS INFLAMATÓRIAS E ABSCESSOS

4.6. CIRURGIA

4.6.1. INDICAÇÕES

4.6.1.1. INTRATABILIDADE

4.6.1.2. OBSTRUÇÃO INTESTINAL

4.6.1.3. FÍSTULAS

4.6.1.4. DISPLASIA

4.6.1.5. ABSCESSOS

4.6.1.6. ESTENOSE MALIGNA

5. MANIFESTAÇÕES EXTRA INTESTINAIS RELACIONADOS A COLITES (CROHN E RCU)

5.1. PELE

5.1.1. PIODERMA GANGRENOSO, ÚLCERA ORAIS, ERITEMA NODOSO

5.2. OCULARES

5.2.1. EPISCLERITE, UVEÍTE

5.3. HEPÁTICAS

5.3.1. COLANGITE ESCLEROSANTE, COLANGIOCARCINOMA

5.4. RENAIS

5.4.1. NEFROLITÍASE

5.5. TROMBOEMBÓLICAS

5.6. ARTICULARES

6. MEGACÓLON TÓXICO

6.1. CAUSA

6.1.1. INFLAMAÇÃO TRANSMURAL GRAVE

6.1.1.1. ADELGAÇAMENTO DA PAREDE

6.2. CLÍNICA

6.2.1. FORTE DOR ABDOMINAL + FEBRE + LEUCOCITOSE + DESVIO A ESQUERDA AUSÊNCIA DE PERISTALSE

6.3. DIAGNÓSTICO

6.4. CONDUTA

6.4.1. ROTINA RADIOLÓGICA DE ABDÔMEN AGUDO

6.4.1.1. TÓRAX EM ORTOSTASE

6.4.1.2. ABDÔMEN EM ORTOSTASE E DECÚBITO DORSAL

6.4.1.2.1. DILATAÇÃO > 6CM

6.4.2. CORTICÓIDE

6.4.2.1. 1MG/KG/DIA

6.4.3. COLECTOMIA SUBTOTAL + ILEOSTOMIA TRANSITÓRIA + FECHAMENTO RETAL A HARTMANN + ANASTOMOSE ÍLEO-CANAL ANAL TARDIA

6.5. COMPLICAÇÕES

6.5.1. PERFURAÇÃO DE ALÇA E PERITONITE SÉPTICA

7. DIGNÓSTGICOS DIFERENCIAIS

7.1. SÍNDROME DO CÓLON IRRITALVEL

7.2. INFECÇÃO ENTÉRICA

7.2.1. SALMONELLA / SHIGELLA / CLOSTRIDIUM DIFFICILE

7.2.2. TUBERCULOSE INTESTINAL / AMEBÍASE

7.3. CARCINOMA DE CÓLON / DOENÇA CELÍACA / TRATAMENTO COM AINES

8. TRATAMENTO

8.1. AMINOSALICILATOS

8.1.1. DOENÇA LEVE A MODERADA

8.1.2. TRATAMENTO DE MANUTENÇÃO

8.1.2.1. MESALAZINA

8.2. GLICOCORTICÓIDES

8.2.1. DOENÇA MODERADA A GRAVE

8.2.2. PREDNISONA / HIDROCORTISONA

8.3. IMUNOSSUPRESSORES

8.3.1. DOENÇA GRAVE

8.3.2. AZATIOPRINA / METOTREXATO

8.4. BIOLÓGICOS

8.4.1. INFIXIMAB

8.4.1.1. INIBIDOR DO TNF-ALFA

8.5. AMINOSALICILATO –-> CORTICOIDE --> IMUNOSSUPRESSOR --> INFIXIMAB (INIBIDOR DO TNF-ALFA) --> CIRURGIA

9. MUITO OBRIGADO!!!