METODOLOGIA DA PESQUISA

Commencez. C'est gratuit
ou s'inscrire avec votre adresse courriel
METODOLOGIA DA PESQUISA par Mind Map: METODOLOGIA DA PESQUISA

1. Aborda as principais regras para uma construção científica, fornecendo instrumentos e objetivos para um melhor desempenho e qualidade de um trabalho científico.

2. É tudo aquilo que estuda o método ou instrumentos que são essenciais para a produção de um trabalho científico.

3. Universidade

3.1. Instituições de ensino superior que tem como finalidade promover a especialização profissional e científica. (Oferecem atividades de ensino, de pesquisa e de extensão, nas inúmeras áreas do saber.

3.1.1. Pesquisa científica

3.1.1.1. De acordo com Ruiz (1991): “É a realização concreta de uma investigação planejada, desenvolvida e redigida de acordo com as normas da metodologia consagradas pela ciência”. Sendo assim, para ser feita, é necessário estudar o assunto, as informações em fontes distintas, comparar ideias, ter uma postura crítica e criar a redação do próprio texto.

3.1.2. Extensão universitária

3.1.2.1. É definida como uma das funções sociais da Universidade. A intenção é promover projetos, o desenvolvimento social, levar em conta os saberes da população e garantir valores democráticos. Sendo assim é a ação da Universidade junto à comunidade geral.

3.1.3. Ensino universitário

3.1.3.1. Faz parte do ensino superior e é dado em universidades ou escolas universitárias. Ele é caracterizado por ser um ensino mais aprofundado, científico e teórico.

4. Método científico

4.1. É o conjunto das normas básicas que devem ser seguidas para a produção de conhecimentos que têm o rigor da ciência. Sua finalidade pode ser de formar um novo conhecimento ou reajustar conhecimentos que já existem.

4.1.1. Redação científica

4.1.1.1. Caracteriza o discurso como um todo e é demarcada por pressupostos específicos. Nela são exigidos do pesquisador três fatores: planejamento, conhecimento e adequação às normas científicas.

4.1.2. Pesquisa bibliográfica

4.1.2.1. É a primeira etapa do trabalho científico ou acadêmico, nela se reúnem informações e dados que servirão de base para a construção do próprio.

4.1.3. Revisão Bibliográfica

4.1.3.1. É nela que se reconhece e certifica o que já foi publicado na comunidade acadêmica e possibilita a melhora das pesquisas referenciadas, contribuindo para o aumento do conhecimento estudado.

4.1.4. Artigo científico

4.1.4.1. Segundo a ABNT, o artigo científico pode ser definido como a “publicação com autoria declarada, que apresenta e discute ideias, métodos, técnicas, processos e resultados nas diversas áreas do conhecimento”.

4.1.5. Periódico científico

4.1.5.1. De acordo com a ABNT, um periódico científico é definido como “uma publicação em qualquer tipo de suporte, editada em unidades físicas sucessivas, com designações numéricas e/ou cronológicas e destinada a ser continuada indefinidamente”

4.1.6. Linguagem científica

4.1.6.1. A linguagem deve ser objetiva e sem ambiguidades. No texto científico não existe a preocupação da estética e sim da objetividade e formalidade.

5. Ciência

5.1. Ciência, diz respeito a todo o conhecimento proveniente de estudo, pesquisa ou prática, baseado em princípios certos.

5.1.1. Ciências formais

5.1.1.1. Começam com ideias teóricas que levam a outras ideias teóricas através do processo do pensamento. O ramo da ciência que estuda os sistemas formais, construída através de símbolos e regras, como por exemplo; a lógica, matemática, estatística, linguística, dentre outras.

5.1.2. Ciências factuais

5.1.2.1. Destinada a compreender os fatos através da experiência, sendo responsáveis por criar uma exibição artificial ou mental dos fatos o mais iminente possível do que são na realidade.

6. Conhecimento

6.1. Ato ou efeito de conhecer, incluindo também descrições, hipóteses, conceitos, teorias, princípios e procedimentos.

6.1.1. Conhecimento científico

6.1.1.1. A informação que parte do princípio dos fatos reais e cientificamente comprovados, e para ser reconhecido como tal, este deve ser baseado em observações e experimentações, que servem para comprovar a veracidade ou falsidade de determinadas teorias.

6.1.2. Conhecimento religioso

6.1.2.1. Todo conhecimento que tem como base doutrinas sagradas ou divinas, sendo sustentado pela fé religiosa, ou seja, a crença de que todos os fenômenos acontecem pela vontade de entidades ou energias sobrenaturais.

6.1.3. Conhecimento filosófico

6.1.3.1. Conhecimento fundamentado na lógica e na construção ou definição de conceitos. Tem como objetivo encontrar explicações válidas para os diversos problemas propostos

6.1.4. Conhecimento popular

6.1.4.1. Que é produzido a partir da experiência e disseminado no meio da população, comum, compreensível por qualquer pessoa e aceito por todos