Jetzt loslegen. Gratis!
oder registrieren mit Ihrer E-Mail-Adresse
Embriologia von Mind Map: Embriologia

1. Aparece a ectoderme e a mesoderma

2. Fecundação

2.1. Fundição de dois gametas haploides que iniciam o desenvolvimento do novo ser

2.2. Assim que o espermatozoide penetra no óvulo ambos os núcleos se unem e formam a primeira célula diploide chamada ZIGOTO

3. Formação de órgãos durante o desenvolvimento fetal

3.1. 5ª-6ª semana - membros superiores e inferiores

3.2. 6ª - 7ª semana - coração, membros superiores e inferiores

3.3. 7ª - 8ª semana - coração, membros superiores e inferiores

3.4. 8ª - 9ª semana - coração, membros superiores, inferiores, olhos, dentes e palato

3.5. 9ª - 16ª semana - olhos, dentes, palato, genitália externa, ouvidos

3.6. 20ª - 36ª semana - sistema nervoso central, olhos, dentes, genitália externa

3.7. 38ª semana - sistema nervoso central, olhos, dentes, genitália externa

4. Fases do desenvolvimento embrionário

4.1. 1. Segmentação

4.1.1. Começa imediatamente após a fecundação por várias divisões. As células derivadas se chamam blastômeros

4.2. 1.1 Mórula

4.2.1. Uma esfera maciça de células que o zigoto transforma após várias clivagens

4.3. 1.2 Blástula

4.3.1. As células internas da mórula se deslocam para a superfície do embrião em formação formando uma cavidade chamada blastocele

4.4. 2. Gastrulação

4.4.1. Ocorre um dobramento na única camada de células existentes e penetra na blástula, criando o arquêntero que se comunica com o exterior por um orifício chamado blastóporo

4.5. 3. Neurulação

4.5.1. O embrião se transforma em nêurula. A gástrula se alonga e sua região dorsal fica achatada produzindo a placa neural, cujas bordas formam o tubo neural (sistema nervoso). A região superior forma a notocorda. Se forma também o celoma

4.6. Organogênese

4.6.1. Especialização das células e formação dos órgãos

5. Tecido embrionário - formação no adulto

5.1. Ectoderme

5.1.1. Epiderme, anexos da epiderme, esmalte dos dentes, revestimento da boca e anus, receptores, cérebro, gânglios e medula nervosa

5.2. Mesoderma

5.2.1. Derme, musculatura, esqueleto, sistema urogenital, coração, sangue e veias

5.3. Endoderme

5.3.1. Revestimento do tubo digestivo, sistema respiratório, glândulas anexas do sistema digestório e revestimento da bexiga urinária

6. Classificação por tecidos embrionários

6.1. Diblásticos

6.2. Triblásticos

7. Destino do blastóporo

7.1. É o primeiro orifício a surgir no embrião

7.1.1. Protostômios - quando o blastóporo origina a boca

7.1.2. Deuterostômio - quando o blastóporo origina o ânus

8. Celoma

8.1. Cavidade que abriga a maioria dos órgãos internos do corpo

8.1.1. Acelomados

8.1.1.1. Não têm celomas. Ex. Platelmintos

8.1.2. Pseudocelomados

8.1.2.1. Têm uma cavidade parcialmente revestida por mesoderma, ou seja, falso celoma. Ex. Nematelmintos

8.1.3. Celomados

8.1.3.1. Apresentam celoma verdadeiro. Ex. Animais

9. Anexos embrionários

9.1. Alantóide

9.1.1. Armazenamento de excretas

9.1.2. Trocas gasosas

9.2. Placenta

9.2.1. Proteção

9.2.2. Trocas gasosas

9.2.3. Nutrição

9.2.4. Retirada de excretas

9.3. Saco vitelínico

9.3.1. Nutrição

9.4. Córion

9.4.1. Proteção

9.4.2. Nutrição

9.5. Âmnio

9.5.1. Proteção contra choques mecânicos

9.5.2. Proteção contra ressecamento