TRILHA DE INOVAÇÃO - PEDAGOGIA (2021.01)

Get Started. It's Free
or sign up with your email address
TRILHA DE INOVAÇÃO - PEDAGOGIA (2021.01) by Mind Map: TRILHA DE INOVAÇÃO - PEDAGOGIA (2021.01)

1. CAMPOS DE EXPERIÊNCIA E PRÁTICA EDUCATIVA

1.1. UNIDADE 1: A Educação Infantil na Base Nacional Comum Curricular

1.1.1. Seção 1.1: Compreendendo a Educação Infantil a partir da BNCC

1.1.1.1. Infográfico

1.1.2. Seção 1.2: O que mudou da RCNEI para a BNCC

1.1.3. Seção 1.3: A Educação Integral, os eixos estruturantes e os arranjos curriculares na Educação Infantil

1.2. UNIDADE 2: Os Campos de Experiência e os direitos de aprendizagem e desenvolvimento

1.2.1. Seção 2.1: O direito de Conviver e de Brincar

1.2.2. Seção 2.2: O direito de Participar e Explorar

1.2.3. Seção 2.3: O direito de se Expressar e Conhecer-se

1.2.3.1. Seção 2.3: Vídeo reportagem realizado por Bárbara sobre os Campos de Experiência

1.3. UNIDADE 3: Os Campos de Experiência e os objetivos de aprendizagem para a Educação Infantil

1.3.1. Seção 3.1: Objetivos de aprendizagens para os bebês

1.3.1.1. Vídeo Estúdio - BNCC - Objetivos da aprendizagem - verificar projeto Líder em mim

1.3.2. Seção 3.2: Objetivos de aprendizagem para crianças bem pequenas

1.3.3. Seção 3.3: Objetivos de aprendizagem de crianças pequenas

1.4. UNIDADE 4: Os Campos de Experiência, Precursores e Metodologias Ativas

1.4.1. Seção 4.1: A experiência em Jonh Dewey e Celestin Freinet

1.4.2. Seção 4.2: A experiência em Maria Montessori e Waldorf

1.4.2.1. Infográfico

1.4.2.2. Entrevista

1.4.3. Seção 4.3: Os Campos de Experiência, as TDIC e as inovações educacionais

1.4.3.1. Game

2. ESTRATÉGIA E PROCEDIMENTOS PARA ALFABETIZAÇÃO

2.1. UNIDADE 1: A linguagem como objeto de conhecimento

2.1.1. Seção 1.1: Concepções de linguagem e processo de aquisição da linguagem escrita

2.1.1.1. Live (síncrona) com Natália Bugança (autora EAD) - Autora do material para fazer uma introdução da disciplinas Alinhado com Dani

2.1.2. Seção 1.2: Linguagem como interação e prática pedagógica

2.1.3. Seção 1.3: A escola diante das práticas pedagógicas de alfabetização

2.1.3.1. Entrevista Ines Mikalo Instituto ayrton Senna

2.2. UNIDADE 2: A Alfabetização

2.2.1. Seção 2.1: Compreensão da alfabetização como processo interdisciplinar

2.2.1.1. webaula diferenciada

2.2.2. Seção 2.2: Contribuições da Linguística, da Psicolinguística e da Sociolinguística

2.2.3. Seção 2.3: Os diferentes métodos de alfabetização: como e quando utilizá-los

2.2.3.1. Entrevista Shirley Ferrari Instituto Ayrton Senna

2.3. UNIDADE 3: Estratégias e Procedimentos para o processo de alfabetização

2.3.1. Seção 3.1: As práticas pedagógicas e a variedade linguística

2.3.2. Seção 3.2: As hipóteses infantis e as estratégias para aquisição da leitura e escrita

2.3.3. Seção 3.3: Importância das intervenções pedagógicas no processo de desenvolvimento da criança

2.3.3.1. Entrevista Ines Mikalo Instituto Ayrton Senna

2.3.3.2. Infográfico/entrevista

2.4. UNIDADE 4: Leitura, Escrita e Literatura

2.4.1. Seção 4.1: Práticas de leitura e desenvolvimento de projetos com a leitura e escrita

2.4.2. Seção 4.2: O papel das interações, a contação de histórias, jogos e brincadeiras com a leitura e escrita

2.4.2.1. Game/Plano de aula (repertório didático)

2.4.2.2. Livro de contação de histórias (ferramenta didática)

2.4.3. Seção 4.3: O ensino da escrita como uma arte

2.4.3.1. Entrevista Shirley Ferrari Instituto ayrton Senna

3. LINGUAGEM E ORALIDADE

3.1. UNIDADE 1: Linguagem e oralidade

3.1.1. Seção 1.1: Concepções de linguagem

3.1.1.1. Aula Destaque - Roberto Lent

3.1.2. Seção 1.2: Relações entre oralidade e escrita

3.1.2.1. Literatura de cordel / Podcast (Parceria Colectivo Leitor)

3.1.3. Seção 1.3: Princípios da variação linguística

3.2. UNIDADE 2: Oralidade

3.2.1. Seção 2.1: Conceito de oralidade

3.2.2. Seção 2.2: Elementos constituintes da oralidade

3.2.2.1. Webaula diferenciada (História em Quadrinhos)

3.2.3. Seção 2.3: A oralidade como prática social

3.3. UNIDADE 3: Manifestações da oralidade

3.3.1. Seção 3.1: Manifestações sociais por meio das multimodalidades de linguagem

3.3.2. Seção 3.2: Manifestação cultural e popular da oralidade

3.3.2.1. Proposta Jhully - Provoca com vídeos

3.3.3. Seção 3.3: Gêneros discursivos orais

3.3.3.1. Videolettering

3.4. UNIDADE 4: Oralidade e ensino

3.4.1. Seção 4.1: O eixo oralidade nos documentos oficiais

3.4.1.1. Podcast/Plano de aula (repertório didático)

3.4.2. Seção 4.2: A oralidade como eixo de ensino para as etapas da educação infantil e anos iniciais do ensino fundamental

3.4.3. Seção 4.3: A inserção da oralidade na prática social e docente

4. ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO PEDAGÓGICO NA EDUCAÇÃO INFANTIL

4.1. UNIDADE 1: A Educação Infantil no Brasil

4.1.1. Seção 1.1: Concepção de criança e infância no Brasil

4.1.2. Seção 1.2: Legislação da Educação Infantil

4.1.2.1. Animação: Direito à Educação

4.1.3. Seção 1.3: A organização da Educação Infantil

4.2. UNIDADE 2: Concepções e finalidades da Educação Infantil

4.2.1. Seção 2.1: Educação Infantil: Concepções e tendências pedagógicas

4.2.2. Seção 2.2: A finalidade da Educação Infantil

4.2.3. Seção 2.3: Proposta Pedagógica para a Educação Infantil

4.2.3.1. Entrevista Maibí Mascarenhas / Aula destaque / foco na Inclusão e Acessibilidade

4.2.3.2. Game

4.3. UNIDADE 3: A Educação Infantil na BNCC

4.3.1. Seção 3.1: Organização e Planejamento da Educação Infantil de acordo com os eixos estruturantes e os direitos de aprendizagem

4.3.2. Seção 3.2: Organização e Planejamento da Educação Infantil de acordo com os campos de experiências

4.3.3. Seção 3.3: Organização e Planejamento da Educação Infantil de acordo com os objetivos de aprendizagem e desenvolvimento das etapas por divisão etária

4.3.3.1. Produção de Estúdio

4.4. UNIDADE 4: A Avaliação na Educação Infantil

4.4.1. Seção 4.1: A Avaliação da Aprendizagem e Desenvolvimento na Educação infantil

4.4.2. Seção 4.2: Registros, documentos e a Família

4.4.2.1. Infográfico

4.4.3. Seção 4.3: Avaliação Externa e Institucional: Educação Infantil

5. DIDÁTICA

5.1. UNIDADE 1: DIDÁTICA: ABORDAGEM CONCEITUAL E HISTÓRICA

5.1.1. Seção 1.1: Raízes da Didática

5.1.1.1. Roteiro com material do Alfred Roteiro Estúdio Alfred / Cenpec Finalização

5.1.2. Seção 1.2: A didática e a relação professor-aluno no decorrer da história da educação brasileira

5.1.3. Seção 1.3: Didática na atualidade

5.2. UNIDADE 2: TENDÊNCIAS PEDAGÓGICAS (HISTÓRICO, CARACTERÍSTICAS E CONCEPÇÃO TÉCNICA, POLÍTICA E HUMANA)

5.2.1. Seção 2.1: Tendências pedagógicas liberais

5.2.2. Seção 2.2: Tendências pedagógicas progressistas

5.2.3. Seção 2.3: Os processos de ensino e aprendizagem a partir dos pressupostos teóricos

5.2.3.1. Roteiro com material do Alfred Roteiro Estúdio Alfred / Cenpec Finalização

5.3. UNIDADE 3: COMPONENTES DO PROCESSO DE ENSINO E APRENDIZAGEM

5.3.1. Seção 3.1: Planejamento Educacional

5.3.2. Seção 3.2: Objetivos e resultados de aprendizagem

5.3.3. Seção 3.3: Conteúdos de ensino e metodologia

5.3.3.1. Roteiro com material do Alfred Roteiro Estúdio Alfred / Cenpec Finalização

5.4. UNIDADE 4: DIDÁTICA: FORMAÇÃO INICIAL DOCENTE, FORMAÇÃO CONTINUADA E A PRÁTICA EDUCATIVA

5.4.1. Seção 4.1: Didática e formação inicial docente

5.4.2. Seção 4.2: Didática e formação continuada

5.4.3. Seção 4.3: Didática e prática educativa

5.4.3.1. Roteiro com material do Alfred Roteiro Estúdio Alfred / Cenpec Finalização

6. PRÁTICAS EDUCATIVAS EM ESPAÇOS NÃO ESCOLARES

6.1. UNIDADE 1: A Educação não Escolar: concepção e história

6.1.1. Seção 1.1: Conceito e trajetória histórica da Educação não Escolar.

6.1.1.1. Roda de conversa - Equipe de Estúdio

6.1.2. Seção 1.2: Os espaços da Educação não escolar

6.1.3. Seção 1.3: A Prática de educação não escolar

6.2. UNIDADE 2: Além dos Muros da Escola

6.2.1. Seção 2.1: A Cidade como espaço de aprendizagem

6.2.2. Seção 2.2: As possibilidades de aprendizagem além dos muros da escola

6.2.2.1. "Ponto a ponto da Pedagoga" sobre Cidades Educativas - Inserir imagens do projeto Park(ing) Day. Participação de urbanista (professor Argentina da Universidade do México) - verificar possibilidade de inserir legenda.

6.2.3. Seção 2.3: Educação, violência e assistência social

6.3. UNIDADE 3: A Educação em outros espaços

6.3.1. Seção 3.1: Organização não Governamental

6.3.2. Seção 3.2: Ambientes empresariais

6.3.2.1. ?

6.3.3. Seção 3.3: Ambientes de Saúde e Assistência Social

6.4. UNIDADE 4: Aspectos Didáticos e Pedagógicos da Educação não Escolar

6.4.1. Seção 4.1: Competências para atuar com a educação não escolar

6.4.1.1. ?

6.4.2. Seção 4.2: As práticas Pedagógicas no ambiente não escolar

6.4.3. Seção 4.3: Desafios da educação não escolar na atualidade

7. FUNCIONAMENTO DA EDUCAÇÃO BRASILEIRA E POLÍTICAS PÚBLICAS

7.1. UNIDADE 1: Políticas Públicas e Legislação Educacional

7.1.1. Seção 1.1: As Políticas Públicas

7.1.2. Seção 1.2: A Legislação Educacional Brasileira

7.1.3. Seção 1.3: As Políticas e Legislação Educacional

7.1.3.1. Entrevista Maria Helena Castro

7.2. UNIDADE 2: Educação Básica

7.2.1. Seção 2.1: Políticas e legislação Educacional para a Educação Básica

7.2.1.1. Podcast

7.2.2. Seção 2.2: Primeira Infância, Educação Infantil e Alfabetização

7.2.3. Seção 2.3: Ensino Fundamental e Ensino Médio

7.2.3.1. Entrevista Maria Inês Fini

7.3. UNIDADE 3: Educação de Jovens e Adultos, Educação Profissional e outros campos da educação

7.3.1. Seção 3.1: Educação de Jovens e Adultos

7.3.2. Seção 3.2: Educação Profissional

7.3.3. Seção 3.3: Outras necessidades da Educação Básica

7.3.3.1. Entrevista Maria Inês Fini

7.4. UNIDADE 4: Formação de Professores

7.4.1. Seção 4.1: Políticas e Legislação para a Formação de Professores

7.4.2. Seção 4.2: Políticas de Formação Continuada dos Professores.

7.4.3. Seção 4.3: Valorização dos profissionais da educação.

7.4.3.1. Entrevista Maria Helena Castro

8. RECURSOS A EXPLORAR