Membrana Plasmática

Get Started. It's Free
or sign up with your email address
Membrana Plasmática by Mind Map: Membrana Plasmática

1. Funções:

1.1. 1º- Limitar o espaço intra/extra celular

1.2. 2º- Controlar e selecionar tudo que entra e sai da célula

1.3. 3º- ANFIPÁTICA

1.4. 4º- Sinaliza outro células por meio de estruturas químicas

2. Componentes:

2.1. PROTEÍNAS- São responsáveis pelos transportes de íons e moléculas do meio extra e intra celular.

2.1.1. PERIFÉRICAS: Estão no meio extracelular sob a camada de fosfolipídeos

2.1.2. ENZIMAS: São proteínas cuja função é quebrar algo que está prestes a entrar na célula

2.1.3. MEMBRANA: Estão dispostas de várias maneiras (ANFIFÍLICA) na bicamada lipídica e tem como principal função passagem de substâncias (transmembrana, integrais, de canal e extrínsicas)

2.1.4. RECEPTORES: São proteínas que reconhecem moléculas sinalizadoras e indicam ao núcleo ações interiores (presente no líquido extracelular)

2.2. LIPÍDEOS- Parte anfifílica da membrana. Influencia diretamente na fluidez da membrana.

2.2.1. COLESTEROL: Disposto de maneira variada na bicamada, podendo estar entre os fosfolipídeos ou por cima. Da certa rigidez e diminui a permeabilidade.

2.2.2. GLICOLIPÍDEOS: Presente no meio intra e extra celular. Confere simetria à membrana.

2.2.3. FOSFOLIPÍDEOS: Compõe a bicamada da membrana. É polar e apolar, justamente pra possibilitar ambos de entrar na célula.

2.3. GLICOCÁLICE: Uma estrutura rica em glicoproteínas.

2.3.1. 1º FUNÇÃO: Proteger contra corpos estranhos (filtração de permeabilidade

2.3.2. 2º FUNÇÃO: Lubrificar (impossibilita desidratação

2.3.3. 3º FUNÇÃO: Adesão celular (formação de pseudópodes)

2.3.4. 4º FUNÇÃO: Enzimática (Lactase)

2.3.5. 5º FUNÇÃO: Inibição por contato

2.3.6. 6º FUNÇÃO: Movimentação

3. Tranporte:

3.1. ÍONS: Transporte passivo (a favor do gradiente de concentração). Feito por proteínas transmembrana, com o mecanismo de abre e fecha.

3.2. MOLÉCULAS: Transporte ativo (contra o gradiente de concentração). Utiliza energia provinda do ATP.

3.3. ENDOCITOSE: Mecanismo de transporte da célula de fora pra dentro, remediada por receptores que selecionam o que entra (Clatrina).

3.3.1. PINOCITOSE: Tipo de endocitose de fase fluida com a formação de pequena vesículas remediadas por proteínas motoras

3.3.2. FAGOCITOSE: Tipo de endocitose de fase sólida, há destruição daquilo que é englobado pelos macrófagos (fagossomo)

3.4. EXOCITOSE: Mecanismo da célula que possibilita a retirada de estruturas dela. Dependem de proteínas Fusogênicas para fusão das vesículas com a membrana

4. Sinalização:

4.1. A sinalização é um processo bioquímico utilizado pela célula com a finalidade de organizar o crescimento e a reprodução de cada célula de cada tecido em específico.

4.1.1. CONTATO PENDENTE: sinalização por contato entre células

4.1.2. PARÁCRINA: liberação de substâncias que sinalizam células próximas, remediadas principalmente pelas proteínas G

4.1.3. SINÁPTICA: é tida entre o SNC e seus neurônios, por meio de neurotransmissores

4.1.4. ENDÓCRINA: são hormônios produzidos pelas glândulas do Sistema Endócrino, que caem na corrente sanguínea e sinalizam as células

4.1.5. AUTÓCRINA: é um processo interno da célula, onde ela se auto sinaliza.