Teorias da Aprendizagem (1)

Get Started. It's Free
or sign up with your email address
Teorias da Aprendizagem (1) by Mind Map: Teorias da Aprendizagem (1)

1. Albert Bandura

1.1. Psicólogo Social

1.1.1. Escola Behaviorista

1.1.1.1. Valoriza o processo cognitivo como forma de aprendizagem

1.2. Teoria da Aprendizagem Social

1.2.1. Fatores internos e externos propiciam a aprendizagem

1.2.1.1. Eficácia da aprendizagem por observação depende da memória

2. Teorias Inatistas

2.1. Teorias de inteligência

2.1.1. Aptidão cognitiva

2.1.2. Francis Galton

2.1.2.1. Fatores hereditários

2.1.2.1.1. Teste Mental

2.1.3. Binet e Simon

2.1.3.1. 1º teste psicológico

2.1.4. Sperman

2.1.4.1. Teoria bifactorial de inteligência

2.1.5. Howard Gardner

2.1.5.1. Teoria das inteligências múltiplas

2.1.5.1.1. Musical, cinético-corporal, lógico-matemática, linguística, espacial, interpessoal, intrapessoal, naturalística

2.1.5.1.2. Educação Centrada no indivíduo

3. Teorias interacionistas

3.1. Fator orgânico e ambiental

3.1.1. Interrelação entre aprendizagem e desenvolvimento

3.2. Jean Piaget

3.2.1. Estuda o desenvolvimento das habilidades cognitivas das crianças

3.2.1.1. Desenvolvimento permite aprendizagem

3.2.2. Epistemologia genética

3.2.3. Desenvolvimento influenciado por fatores: maturaão, exercitação, aprendizagem social, equilibração

3.2.4. Dividiu o desenvolvimento infantil em períodos: sensório motor, pré-operatório, operações concretas, operações formais

3.3. David Ausubel

3.3.1. Aprendizagem significativa

3.3.1.1. Educação fundamentada na estrutura cognitiva

3.3.1.1.1. A nova informação relaciona-se de maneira significativa, tanto no conteúdo assimilado, quanto naquele que o estudante já sabia

3.3.2. Teoria da assimilação

3.3.2.1. O aluno precisa querer aprender

3.3.2.1.1. Tem papel importante

4. Teoria sociocultural do desenvolvimento e da aprendizagem

4.1. Vygotsky

4.1.1. A aprendizagem de novas informações leva ao desenvolvimento de novas habilidades

4.2. Funcionamento mental do indivíduo

4.2.1. Resultado de uma extensa série de acontecimentos evolutivos

4.3. Para que o desenvolvimento ocorra é necessário

4.3.1. Genética + família + ambiente

4.3.1.1. Desenvolvimento cognitivo

4.3.1.1.1. História da sociedade que a criança está inserida+ história pessoal da criança = fatores que determinarão sua forma de pensar

4.4. Ferramentas psicológicas

4.4.1. Diagramas, mapas, esquemas

4.4.2. A linguagem transforma os rumos do desenvolvimento

4.5. Educação escolar

4.5.1. Transfere o controle da atividade para que o próprio aluno execute a atividade

4.5.1.1. O conhecimento e a ferramenta cultural aprendidos precisam de um sentido e um significado

5. Esquemas e modelos mentais

5.1. A aprendizagem, compreensão e memória compõe uma parte do construtivismo, dando sentido ao mundo e permitindo relacionar o novo conhecimento com o já existente

5.2. Escola

5.2.1. Objetivo de fazer com que o aluno aprenda a aprender

5.3. Esquemas

5.3.1. Estruturas complexas de dados que representam conceitos genéricos armazenados na memória.

5.3.1.1. Tipos de esquemas

5.3.1.1.1. Visuais, situacionais, sociais, gênero

5.3.2. Memória

5.3.2.1. Processo de recuperação de informação já construída

5.3.2.1.1. Esquemas estão relacionados com a memória de longo prazo

5.4. Aprendizagem implícita

5.4.1. Esquemas se constroem inadvertidamente e seu conteúdo é difícil de verbalizar

5.5. Modelos mentais

5.5.1. Representações episódicas que incluem pessoas, objetos, acontecimentos

5.5.1.1. Usamos esses modelos para ler um livro

5.5.2. Representação situacional

5.5.2.1. Fornece dados sobre estados mentais de personagens ou mudanças de perspectiva

5.5.2.2. Modelos situacionais

5.5.2.2.1. Se constroem durante o primeiro ano de vida, antes que apareçam os primeiros esquemas sobre o mundo

5.5.3. Modelos conceituais

5.5.3.1. Enriquecem o modelo mental com conteúdo mais abstrato

5.6. Contraste entre esquema e modelo mental

5.6.1. Representação semântica X Representação episódica

5.6.1.1. Armazenam-se em MPL X Armazenam-se em MCP

5.7. Integração de esquemas e modelos mentais

5.7.1. Importância para apendizagem