Teoria do Fogo

Teoria

Get Started. It's Free
or sign up with your email address
Teoria do Fogo by Mind Map: Teoria do Fogo

1. Ponto de Combustão: É a temperatura mínima necessária para que o combustível desprenda vapores ou gases inflamáveis, mesmo que retire a chama, o fogo não se apaga, pois nesta temperatura, gera-se vapores e gases suficientes para manter o fogo.

2. Condução: Forma pela qual se transmite calor, através do próprio material, de molécula a molécula ou corpo a corpo

3. Elementos:

3.1. Combustível

3.1.1. Solido: Madeira Papel, Tecido, Algodão etc.

3.1.1.1. Liquido: Voláteis; Alcool, Eter, Benzina etc

3.1.1.1.1. Não Voláteis: Oléo, Graxa etc.

3.1.2. Produto de transformação que gera outra transformação

3.1.2.1. Forma de energia, elemento que da inicio ao fogo, ele é que faz o fogo propagar-se

3.2. Comburente (Oxigênio)

3.2.1. Ativador do Fogo: Compõe o ar atmosférico na porcentagem de 21%, sendo mínimo exigível para sustentar combustão é de 16%.

3.3. Calor

3.4. Reação em Cadeia

4. Propagação do Fogo:

4.1. Convecção: É quando o calor se transmite através de uma massa de ar aquecida, que se desloca do local em chamas, levando para outros locais, originando outro foco de fogo.

4.2. Irradiação: Quando o calor se transmite por ondas caloríficas, através do espaço, sem utilizar qualquer meio material.

5. Pontos e Temperaturas:

5.1. Ponto de Fulgor: É a temperatura mínima necessária para que o combustível desprenda vapores ou gases inflamáveis, mas a chama não se mantem, porque os gases produzidos são ainda insuficientes.

5.2. Temperatura de Ignição: É aquela que os gases desprendidos dos combustíveis, entram em combustão apenas pelo contato com o oxigênio do ar, independente de qualquer fonte de calor.

6. Classes de Incêndio:

6.1. Classe A: Fogo em materiais sólidos; Queimam em superfície e profundidade; Deixam resíduos, brasas e cinzas; Extinto por resfriamento, e as vezes por abafamento por jato pulverizado.

6.2. Classe B: Fogo em combustíveis líquidos e inflamáveis; Queimam em superfícies; Não deixam resíduos; Extinto pelo método de abafamento,

6.2.1. Extintores: Pó Químico; Gás carbônico (Co2); Espuma mecânica; Pó ABC (Fosfato de monoamônico).

6.3. Classe C: Fogo em materiais/equipamentos energizados (Elétricos); Extinção só pode ser realizada com agente extintor não-condutor de eletricidade, nunca com extintores de água ou espuma; Desligar o quadro de força.

6.3.1. Extintores: Pó químico; Gás carbônico (Co2); Pó ABC (Fosfato de monoamônico).

6.3.2. Extintores: Água (H20); Espuma Mecânica: Composto por detergente concentrado, forma especie de manta, dificultando a reignição do fogo; Pó ABC (Fosfato de monoamônico.

6.4. Classe D: Fogo em metais pirofóricos (Alumínio antimônio, magnésio, etc.) difíceis de ser apagados; Extinto pelo método de abafamento; Nunca utilizar extintores de água ou espuma.

6.4.1. Extintores: Pó químico especial, age por abafamento.

6.5. Classe K: Fogo em óleo, gordura e banha, geralmente ocorre em equipamentos como fritadeiras, grelhas, assadeiras e frigideiras, combatidos com extintores de base alcalina.

6.5.1. Extintores: Acetato de potássio diluído em água, provoca reação chamada saponificação, formando espuma que abafa o fogo e conter vapores e combustíveis quentes. Ideal para cozinhas industriais e geralmente fabricado em aço inoxidável.