Modelo de adaptação de Roy

Get Started. It's Free
or sign up with your email address
Modelo de adaptação de Roy by Mind Map: Modelo de adaptação de Roy

1. Nível I: recolhe dados observando os modos de adaptação: modo fisiológico,autoconceito,função na vida real e interdependência.

2. Nível II: Análises de dados que identificam os estímulos influenciadores. Determina o comportamento unificas.

3. Nascida em 14 de Outubro de 1939, em Los Angeles / Califórnia.

3.1. Callista Roy é professora e teórica de Enfermangem na escola de enfermagem William F. Connel em Boston Collage .

3.2. Ela pertence a congregação das irmãs de SAN José de carondelet

4. Estudos

4.1. Ela obteve um diploma de enfermagem no Mount ST. Colagem de mar em 1963

4.1.1. Mestre em enfermagem pela UCLA em 1966

4.1.2. Ela obteve mestrado e doutorado em sociologia pela UCLA

4.1.3. Bolsista de Pós Doutorado em enfermagem em Neurociências da Universidade da Califórnia , São Francisco.

4.1.3.1. Ela recebeu quatro doutorados em Honoris causa

4.2. Honras e Prêmios

4.2.1. 2006: Distinguinshed Teaching Award Colagem de Boston . 2007: Living Legend ( Academia americana de enfermagem,)

4.2.1.1. 2010: Admitida no Hall da fama do sigma theta, 2011: Prêmio Mentor, sociedade sigma theta tau

5. Avaliação

5.1. Intervenção da enfermagem

5.2. Facilitar realizações dos procedimentos

5.3. Diagnóstico de enfermagem

6. Beneficiário dos cuidados de enfermagem.

7. Conceito de saúde

8. Conceito de ambiente

9. Conceitual

10. Focal

11. Residual

12. Estímulos

13. Elaborar estratégias para ações do cuidar

14. Modo de interdependência

15. Modos adaptativos

16. Enfermeiro como mediador

17. Capacitar o enfermeiro

18. Diminuir respostas negativas

19. Seus passos

20. 1 Passo: Enfermeira -Paciente

20.1. Roy salienta que, em sua intervenção, o enfermeiro deve sempre estar cociente da responsabilidade ativa que o paciente tem de participar de seus próprios cuidados quando é capaz de fazê-lo.

21. 2 passo : Paciente-Enfermeira

21.1. Para Roy, o paciente é um sistema aberto é adaptável.

22. 3 Passo: Família-enfermeira

22.1. Roy, em seu modelo, sustenta que a família também é um receptor de cuidados, que tem um comportamento adaptativo.