Get Started. It's Free
or sign up with your email address
Célula by Mind Map: Célula

1. Unidade básica do ser vivo

2. Células procariontes

2.1. São os menores e os mais simples estruturalmente

2.2. Bactéria

2.2.1. Parde celular: Rigidez, proteção e controla as trocas de substâncias com o meio ambiente

2.2.2. Membrana Plasmática: Composta por uma camada lipídica, função de revestimento, proteção e permeabilidade. Ou seja, ela seleciona quais as substâncias que vão entrar e sair da célula.

2.2.3. Citoplasma: Presente no interior das células. Tem um papel estrutural de consistência e o formato da célula; Armazenamento de substâncias químicas.

2.2.4. Ribossomos: Presente no citoplasma e responsável pela produção de proteínas da célula.

2.2.5. Plasmídeos: São moléculas circulares duplas de DNA capazes de se reproduzir independentemente do DNA cromossômico. Armazenam pequenas quantidades de material genético.

2.2.6. Mesossomo: São formados por enzimas respiratórias e sua principal função é ser responsável pela respiração.

2.2.7. Flagelo: Filamento oco que favorece a locomoção celular.

2.2.8. Nucleóide: Também chamado de cromatina, é a região da célula onde se localiza o material genético (DNA). Na célula procarionte não é envolvido por membrana.

2.2.9. Cápsula: Estrutura musoca, composta principalmente por polissacarídeos. Favorece a adesão ás superfícies, impede a desidratação e da proteção á célula.

2.3. Archea Bactéria

3. Células Eucarionte

3.1. São maiores e em geral mais complexas que a procariótica. Possui carioteca, núcleo e organelas.

3.2. Plantas

3.2.1. Parede celular: É uma estrutura rígida, impedindo sua ruptura no momento em que ocorre a entrada de água na célula.

3.2.2. Membrana Celular: Protege estruturas celular, servindo de envoltório para as células.

3.2.3. Cloroplasto: Função de fotossíntese das células vegetais com o pigmento clorofila.

3.2.4. Mitocôndria: Respiração celular e produção de energia (ATP)

3.2.5. Citoplasma: Porção mais volumosa da célula onde se encontra as organelas celulares.

3.2.6. Vacúolo: Armazenamento de substâncias na manutenção do PH, digestão, degradação e rigidez.

3.2.7. Complexo de Golgi: Armazena secreção

3.2.8. Retículo Endoplasmático Rugoso: Transporte de substâncias dentro da célula.

3.2.9. Lisossomo: Função de quebra/ digestão intracelular de moléculas orgânicas.

3.2.10. Ribossomo: Síntese proteica da célula

3.2.11. Glioxissomo: Os ácidos graxos são hidrolisados em acetil-CoA por enzimas B-oxidação peroxisomal.

3.2.12. Nucléolo: Atua na produção de ribossomos.

3.2.13. Citoesqueleto: Estabelece, modifica e mantém a forma das células.

3.2.14. Núcleo: Onde ocorre o controle das atividades celulares.

3.3. Fungos

3.4. Protistas

3.5. Animais

3.5.1. Ribossomo: Atua na síntese proteica.

3.5.2. Lisossomo: Função de digerir moléculas orgânicas.

3.5.3. Complexo de Golgi: Função de modificar, armazenar e exportar proteínassintetizadas no R.E.R.

3.5.4. Centríolo: Formação de cílios e flagelos.

3.5.5. Núcleo: Controle de reações químicas e é onde se localiza o DNA.

3.5.6. Nucléolo: Produção de ribossomos.

3.5.7. Retículo Endoplasmático: Transporte de substâncias dentro da célula.

3.5.7.1. Liso: Produção de lipídeos parab compor as membranas.

3.5.7.2. Rugoso: Realizar a síntese proteica

3.5.8. Membrana Plasmática: Composta por uma camada lipídica, função de revestimento, proteção e permeabilidade. Ou seja, ela seleciona quais as substâncias que vão entrar e sair da célula.

3.5.8.1. Perixissomos: Função é oxidar os ácidos graxos para síntese de colesterol

3.5.9. Citoplasma: Porção mais volumosa da célula onde se encontra as organelas celulares.

3.5.10. Mitocôndria: Realiza a respiração celular.

4. Composto da célula

4.1. Orgânico

4.1.1. Carboidratos: Fornecimento energético imediato

4.1.1.1. Monossacarídeos: Um açúcar. Mais simples, produtos finais de digestão.

4.1.1.2. Polissacarídeo: Vários açúcares, mais complexo, sofre digestão (hidrólise).

4.1.1.3. Oligossacarídeo: Pouco, intermediário, sofre digestão. Reunião de vários monossacarídeos.

4.1.2. Lipídeos(gordura): Reserva e construção de energia, isolante térmico, precursor de hormônios sexuais

4.1.2.1. Simples: Óleos e gorduras.

4.1.2.2. Complexo: Fosfolipídeo glicoliídeo.

4.1.3. Proteínas: Função estrutural, enzimática, pepel no sistema de defesa de anticorpo.

4.1.4. Àcidos Nucléicos: Moléculas formadas por nucleotídeos, bases nitrogenadas, pentose e fosfato.

4.2. Inorgânicos

4.2.1. Àgua: Inodora, incolor, insípita. Favorece as reações químicas e regulador de tempratura.

4.2.2. Sais: Podem ser encontrados dissolvidos em forma de íons na água ou imobilizados.

5. Citoesqueleto: Estabelece, modifica e mantém a forma das células.

6. Microscópio

6.1. Instrumento com capacidade de ampliar imagens de objetos pequenos.

6.2. Óptico:

6.2.1. Usa a luz e permite observar estruturas pequenas com mais detalhes de até 200 nanômetros.

6.2.2. Campo Claro: O feixe de luz passa pela amostra e é captada pela objetiva.

6.2.3. Campo escuro: Raios luminosos incidem na amostra e são captados pela lente objetiva, o que gera “figuras” luminosas em um fundo escuro.

6.2.4. Contraste de fases: Utiliza sistema de lentes que transforma diferenças de fase em diferenças de intensidade.

6.2.5. Contraste interferencial: Modificações no contraste de fase, eliminando os efeitos de aurélio de luz.

6.2.6. Polarização: Filtro polarizador entre a luz e a lâmina, analisa materiais biorrefrigentes.

6.2.7. Fluorescência: Moléculas fluorescentes que emite luz visível quando iluminada com ultravioleta

6.3. Eletrônico:

6.3.1. Ultiliza feixes de elétrons

6.3.2. Varredura: Os elétrons são coletados acima da amostra, o ângulo com que essas partículas são refletidas permite determinar as características e o relevo de sua superfície.

6.3.3. Transmissão: O feixe é coletado abaixo da amostra, assim, a fração do feixo que atravessa a amostra ultrafina compõe o sinal formados da imagem.

6.3.4. Tunelamento(T): Ensão elétrica sobre a amostra, mede-se a corrente oriunda da passagem de elétrons, as alterações na altura da superfície e na densidade dos estados causam alterações na corrente.

6.4. Acústico: Com as ondas sonoras são capazes de fornecer imagens das estruturas internas, assim como da suoerfície, de muitos objetos que não podem ser vistos ao microscópio óptico.

7. Células tronco

7.1. Célula indiferenciada capaz de gerar por divisão mitótita simétrica, duas células-filhas idênticas a ela ou, por divisão mitótica assimétrica, uma célula-filha diferenciada e outra nova célula que permanece indiferenciada e mantém a linhagem original.

8. Tecido

8.1. Conjunto de várias células

9. Unicelular

9.1. Uma única célula

10. Orgão

10.1. Conjunto de vários tecidos

11. Pluricelular

11.1. Várias células

12. Sistema

12.1. Conjunto de vários orgãos

13. Organismo

13.1. Conjunto de vários sistemas juntos