FUNÇÕES ORGÂNICAS

Get Started. It's Free
or sign up with your email address
FUNÇÕES ORGÂNICAS by Mind Map: FUNÇÕES ORGÂNICAS

1. CICLOALCANOS

1.1. Os cicloalcanos ou ciclanos hidrocarbonetos de cadeia fechada que apresentam somente ligações simples entre os carbonos.

1.2. EXEMPLOS

1.3. Fórmula Geral: CnH2n

1.4. Os ciclanos estão presentes no petróleo, o cicloexano é um solvente e removedor de tintas e o ciclopropano é usado em anestesia geral.

2. ALCADIENOS

2.1. São hidrocarbonetos de cadeia aberta que possuem duas duplas ligações entre carbonos.

2.2. H2C = HC — CH = CH2: But-1,3-dieno

2.2.1. O infixo “dien" identifica as duas duplas ligações dos alcadienos.

2.3. Fórmula Geral: CnH2n-2

2.4. Os alcadienos mais importantes são os terpenos derivados do isopreno, encontrados em óleos de essências, extraídos de vegetais e frutas, com cheiro agradável.

3. CICLOALCENOS

3.1. Os ciclenos são substâncias que possuem cadeia cíclica com apenas uma dupla ligação.

3.2. EXEMPLOS Estrutura 1: Ciclobuteno Estrutura 2: Ciclopenteno

3.3. Fórmula Geral: CnH2n-2

3.4. Os ciclenos são encontrados geralmente no petróleo, solventes, biocombustíveis, ceras, gás natural e óleos.

4. AROMÁTICOS

4.1. São hidrocarbonetos que possuem um ou mais anéis benzênicos (núcleos aromáticos).

4.2. EXEMPLOS

4.3. São hidrocarbonetos que possuem um ou mais anéis benzênicos (núcleos aromáticos).

4.4. O composto mais importante desse grupo é o benzeno, que é encontrado na natureza no alcatrão de hulha, um carvão mineral que resulta da fossilização da madeira. Ele é usado na fabricação de tintas, borrachas, adesivos, detergentes e loções. Seus derivados também são importantes, sendo que um deles, o metilbenzeno (tolueno), é usado na fabricação do explosivo TNT.

5. ALCENOS

5.1. São hidrocarbonetos de cadeia aberta que possuem uma ligação dupla entre carbonos.

5.2. H2C = CH2: eteno

5.2.1. O infixo “en” identifica a ligação dupla dos alcenos.

5.3. Fórmula Geral: CnH2n

5.4. O alceno mais comum presente na natureza é o eteno (etileno), o gás responsável pelo amadurecimento das frutas. É raro encontrar um alceno na natureza, sendo produzidos geralmente pelo refino do petróleo.

6. HALETOS ORGÂNICOS

6.1. Haletos Orgânicos são compostos que derivam dos hidrocarbonetos pela substituição de átomos de hidrogênio por igual número de átomos de halogênio (F, Cl, Br, I), por isso recebem o nome de derivados halogenados.

6.2. Os haletos se classificam em monoaletos, dialetos e trialetos, de acordo com o número de halogênios na molécula.

6.2.1. Monoaleto: Apresenta somente um átomo de halogênio na molécula. H3C ─ CH2 ─ CH2 │ Br 1- bromo-propano

6.2.2. Dialeto: Possuem dois átomos de halogênio na molécula. H │ H3C ─ C ─ Cl │ Cl 1,1- dicloro-etano

6.2.3. Trialeto: Presença de três átomos de halogênio na molécula. Cl │ H ─ C ─ Cl │ Cl tricloro-metano

6.3. Os haletos se encontram em condições ambientes nas fases sólida, líquida ou gasosa. Esses compostos são solúveis em solventes orgânicos e insolúveis em água, apresentam pontos de fusão e ebulição crescentes com o aumento da massa molecular.

7. ALCANOS

7.1. São hidrocarbonetos de cadeia aberta saturado (só possui ligações simples)

7.2. CH4: metano

7.2.1. O infixo "an" identifica a ligação simples

7.3. Fórmula Geral: CnH2n + 2

7.4. Os alcanos são importantes como combustíveis e também como matéria-prima na produção de plásticos, tintas, fibras sintéticas, borrachas, entre outros.

8. ALCINOS

8.1. São hidrocarbonetos de cadeia aberta que possuem tripla ligação entre carbonos.

8.2. HC≡CH : etino

8.2.1. O infixo “in” identifica a ligação tripla dos alcinos.

8.3. Fórmula Geral: CnH2n-2

8.4. O alcino mais importante é o etino (acetileno), que apesar de não ser encontrado na natureza, pode ser facilmente produzido por meio de matérias-primas abundantes: carvão, calcário e água. Ele é usado como combustível de maçaricos de oxiacetileno.

9. NOMENCLATURA DOS HIDROCARBONETOS