O código de Manú

Get Started. It's Free
or sign up with your email address
O código de Manú by Mind Map: O código de Manú

1. Vaícias: comerciantes, camponeses e artesãos. Segundo mitologia, nasceram das pernas de Brahma.

1.1. Servos a castas inferior. Eram a mão de obra da Índia. Pedreiro, agricultores, empregados em geral. Art.410 ( brahmane) obrigue, sudra, comprado ou não, a cumprir as funções servis; porque ele foi criado para serviço de Brâmane pelo ser existente por si mesmo.

2. Os sacerdores, que se chamavam bramas, representavam a classe mais elevada da sociedade e se consideravam nascidos da cabeça do deus Brama.

2.1. A SOCIEDADE

2.2. Quem eram os Bramas?

3. Os Xátrias: guerreiros com poder político formam uma das quatro castas no hinduísmo; constituem a ordem dos altos postos militares, suas famílias, tal definido pelos Vedas e pelo Código de Manu. Na antiga sociedade védica esta posição era obtida por mérito, da conduta e da natureza de uma pessoa.

3.1. A POLÍTICA DE MANU

3.2. Como eram escolhido a posição política?

4. Testemunhas: Art.13 É preciso ou não vir ao Tribunal ou falar segundo a verdade : o homem que nada diz, ou profere uma mentira, é igualmente culpado.

5. Defloração: Art. 364 o homem que, por orgulho, macula violentamente uma rapariga pelo contato de seu dedo, terá dois dedo cortados imediatamente, e merece, além disso, uma multa de seiscentos panas.

5.1. Herança: Art.27 o bem por herança de um menor sem protetor, deve ficar sob guarda do rei até que ele termine seus estudos ou saia da infância, isto é, até 16 anos.

5.2. Mulheres :Art 420 uma mulher na infância, sob guarda dos pais, e do marido durante a juventude, e dos filhos na velhice e o Art.422 Deve-se sobretudo cuidar e garantir as mulheres das más inclinações, mesmo mais fraca , pois tem ser vigiada pois fariam desgraça a sua família.

6. Principais pontos código de Manú

6.1. Falso testemunho :Art .78 Nu e calvo, sofrendo fome e sede, privado da vida, aquele que tiver prestado falso testemunho, será reduzido a mendigar sua subsistência com um a xícara quebrada, na casa de seu inimigo.

6.2. Casamento: Art.511 um homem de trinta deve desposar uma rapariga de doze que lhe agrade; um de vinte quatro, uma de oito. Se ele acabou antes de seu noivado, para que o cumprimento de seus deveres de dona de casa não seja retardada, que ele case logo.

6.3. Divórcio :Art. 494 Durante um ano inteiro, que o marido suporta a aversão de sua mulher, mas depois de um ano, se ela continua a odiá-ló, que ele tome o que ela possui em particular, lhe de somente o que subsistir e vestir-se, e deixe de habitar com ela.

7. Adultério: Art.368 Se uma mulher, orgulhosa de sua família e de suas qualidades, é infiel ao seu esposo, que o rei faça devorar por cães em lugar bastante frequentado. E castração poderia ser aplicado só se adultério fosse cometido com mulher castra acima da dele.

7.1. Furto e roubo: Art.329 A ação de tirar uma coisa com violência à vista do proprietário, é roubo; em sua ausência é furto.

7.2. Homicídio e autodefesa: Art.348 Matar um homem que faz uma tentativa de assassinato em público ou em particular não faz ninguém culpado de assassinato: é furor nas presas do furor.

7.2.1. Juros: Art. 140 Que ele receba dois por cento de juro, por mês ( porém nunca mais ) de um Brâmane, três de um Ksatriya, quatro de um Vaisya e cinco de um Sudra, segundo ordem direta das classes.

8. Quem eram Manú?

8.1. Segunda a lenda, Sarasvati foi primeira primeira mulher, criada por Brahma de sua própria substância. Desposou-a depois do casamento nasceu Manu, o pai da humanidade, a quem se atribui o mais popular código de leis reguladoras da convivência social.

9. Características do código Manu

9.1. O código de teve sua origem em torno 1500a.C. É primeira organização geral da sociedade sob a forte motivação religiosa política.