Get Started. It's Free
or sign up with your email address
Petróleo by Mind Map: Petróleo

1. Características

1.1. É uma substância oleosa

1.2. Menos denso que a água

1.3. Com cor entre o castanho e o preto

1.4. É composto por hidrocarbonetos(compostos cujas moléculas são formadas somente por átomos de carbono e de hidrogênio) associados a pequenas quantidades de outras classes de compostos que contêm nitrogênio, oxigênio e enxofre

1.4.1. As quantidades podem variar de acordo com a amostra, mas geralmente são:

1.4.1.1. 1. Carbono: 82%

1.4.1.2. 2. Hidrogênio: 12%

1.4.1.3. 3. Nitrogênio: 4%

1.4.1.4. 4. Oxigênio: 1%

1.4.1.5. 5. Sais: 0,5%

1.4.1.6. 6. Metais: 0,5%

1.5. Possui cheiro

2. É um recurso

2.1. Não-Renovável

3. Pode ser encontrado em maior quantidade no(a):

3.1. 1. Venezuela: 300,9 bilhões de barris

3.2. 2. Arábia Saudita: 266,5 bilhões de barris

3.3. 3. Canadá: 169,7 bilhões de barris

3.4. 4. Irã: 158,4 bilhões de barris

3.5. 5. Iraque: 142,5 bilhões de barris

3.6. Estados Unidos está na 11º posição, com 36,5 bilhões de barris

3.7. O Brasil na 15º posição, com 12,7 bilhões

3.7.1. Possui

3.7.1.1. Pré-Sal

3.7.1.2. Energia alternativa

3.7.1.2.1. Por ser uma das principais fontes de energia no mundo, o petróleo é conhecido como ouro negro

3.7.1.3. Auto-suficiência

3.7.1.3.1. Gera

4. É encontrado em bacias sedimentares no/a

4.1. mar

4.2. terra

5. Em sua primeira etapa de destilação fracionada produz

5.1. Produtos energéticos

5.1.1. Pode ser

5.1.1.1. Gasolina

5.1.1.2. Óleo diesel

5.1.1.3. Gás natural

5.2. Produtos não-energéticos

5.2.1. Pode ser

5.2.1.1. Piche

5.2.1.2. Vaselina

5.2.1.3. Parafina

5.2.1.4. Óleos lubrificantes

6. Extração

6.1. Divide-se em três etapas básicas:

6.1.1. Prospecção:representa a etapa de localização dos depósitos em bacias sedimentares a partir de análises e observações do subsolo na região

6.1.2. Perfuração: Os depósitos, ao serem encontrados, são marcados e, posteriormente, perfurados a fim de se analisar a viabilidade econômica da extração

6.1.3. Extração: Por meio de equipamentos especiais é feita a extração. Utiliza-se bombas em plataformas e navios, quando a extração é feita no assoalho oceânico. Em terra, utiliza-se os equipamentos necessários para bombear ou fazer jorrar o petróleo encontrado.

7. Tipos

7.1. Petróleo Brent: petróleo produzido na região do Mar do Norte, provenientes dos sistemas de exploração petrolífera de Brent e Ninian. É o petróleo na sua forma bruta (cru) sem passar pelo sistema de refino.

7.2. Petróleo Light: petróleo leve, sem impurezas, que já passou pelo sistema de refino.

7.3. Petróleo Naftênico: petróleo com grande quantidade de hidrocarbonetos naftênicos.

7.4. Petróleo Parafínico: petróleo com grande concentração de hidrocarbonetos parafínicos.

7.5. Petróleo Aromático: com grande concentração de hidrocarbonetos aromáticos.

8. História

8.1. Primeiro contato: possivelmente ainda nos primórdios da civilização com os povos do Oriente Médio, Egito, Mesopotâmia, da China já haviam tido contato com o combustível fóssil e o utilizado nas formas de betume, asfalto para pavimentação de estradas, iluminação, lubrificação, fins bélicos

8.1.1. No século XIX, o Azerbaijão foi o maior produtor de petróleo com mais de 50% da produção mundial

8.1.1.1. Surgimento da OPEP em 1960

8.1.1.1.1. No Brasil a história do petróleo pode ser dividida em quatro fases:

9. Utilidade

9.1. Fabricação de

9.1.1. Plásticos

9.1.2. Borrachas sintéticas

9.1.3. Tintas

9.1.4. Solventes

9.1.5. Produtos cosméticos, por exemplo.

10. Curiosidades

10.1. Ao sofrer decomposição no fundo dos oceanos sob alta temperatura e pressão, o fitoplâncton se transforma em petróleo. Porém, este processo pode durar muitos anos;

10.2. É comemorado em 29 de setembro o Dia do Petróleo. E 28 de dezembro é o Dia do Petroquímico (profissional que atua na indústria de produção de derivados de petróleo).

10.3. No final do século XIX, com a invenção do automóvel com motor de combustão interna, o petróleo passou a ser uma das principais fontes de energia do mundo;

11. Riscos e danos

11.1. Contaminação(praias, oceanos)

11.2. Bloqueio da luz

11.3. Morte de algas, vida aeróbica e todo o tipo de vida marinha

11.4. Intoxicação de seres terrestres e aquáticos

11.5. Distúrbios reprodutivos e neurológicos nos animais

11.6. Diminuição de oxigênio dissolvido na água

12. Derivados

12.1. São obtidos a partir do refino, são eles

12.1.1. Gás de petróleo(usado para aquecimento e na indústria);

12.1.2. Gás liquefeito de petróleo(usado na cozinha);

12.1.3. Nafta( matéria-prima para a indústria petroquímica e também transformado em gasolina);

12.1.4. Gasolina (utilizada como combustível);

12.1.5. Querosene (usado como combustível para turbinas a jato);

12.1.6. Óleo diesel (usado especialmente em transporte rodoviário, aquaviário e também nas termoelétricas);

12.1.7. Óleo combustível (utilizado como fonte de calor na indústria);

12.1.8. Resíduos: são produtos utilizados como material para fabricar outros produtos (coque, asfalto, ceras).

13. Transporte

13.1. Pode ser através de:

13.1.1. embarcações

13.1.2. caminhões

13.1.3. vagões

13.1.4. tubulações (oleodutos e gasodutos)

14. Refino

14.1. As técnicas mais utilizadas são:

14.1.1. I) destilação

14.1.2. II) craqueamento térmico

14.1.3. III) alquilação

14.1.4. IV) craqueamento catalítico

15. Significado

15.1. do latim petroleum: petrus (pedra) e oleum (óleo) = óleo de pedra.

16. Origem

16.1. Surge a partir da decomposição de matéria orgânica, principalmente dos plânctons. Ela se deposita no fundo dos oceanos ou lagos sob circunstâncias específicas de pressão. Ao decorrer dos anos, esses resíduos se transformam até se tornarem o petróleo