ROMANTISMO EM PORTUGAL

Get Started. It's Free
or sign up with your email address
ROMANTISMO EM PORTUGAL by Mind Map: ROMANTISMO EM PORTUGAL

1. Comercio entre Inglaterra e Brasil ganha força

2. Contexto Histórico

2.1. No início do século XIX, a França invade Portugal, que foge para o Brasil

2.1.1. Burguesia em Portugal entra em crise

2.2. Românticos resgatam o passado português

3. Primeiros Românticos

3.1. Primeira geração romântica portuguesa é marcada por Antônio Feliciano de Castilho

4. Almeida Garrett

4.1. Camões (1825)

4.2. Dona Branca (1826)

4.3. Folhas Caídas (1853)

4.4. Prosa de Ficção:

4.4.1. O arco de Sant'Ana

4.4.2. Viagens na minha terra

4.4.3. Helena

4.4.4. Inspiração romântica (D. Filipa de Vilhena e Frei Luis de Sousa)

4.5. Teatro

4.5.1. Tons clássicos (Catão e Mérope)

5. Alexandre Herculano

5.1. Recriar a história portuguesa em romance ficcionais com traços de heroísmo e bravura

5.2. Apologia do cristianismo contra a falta de religião iluminista

5.3. O bobo (1843)

5.4. O Monasticon: Eurico, o presbitério

5.5. O monge de Cister

6. Camilo Castelo Branco

6.1. Características de suas novelas

6.1.1. Romance-Folhetim

6.1.1.1. Mistérios de Lisboa

6.1.2. Romance de Amor Trágico

6.1.2.1. Amor de Perdição

6.1.2.1.1. Exagero sentimental

6.1.3. Romance-Sátira

6.1.3.1. Coração, cabeça, estômago

6.1.4. Romance histórico

6.1.4.1. O judeu

6.1.5. Romance de costumes provincianos

6.1.5.1. Novelas do Minho

6.2. Romances de mistério, terror

6.2.1. Coisas Espantosas

6.3. Novela Ultrarromântica

6.3.1. Sofrimento amoroso enaltecido

6.3.2. Natureza

7. Romance aproxima-se da realidade (1860)

8. Júlio Dinis

8.1. Romance contemporâneo

8.1.1. As pupilas do senhor reitor