VIAS DE ADMINISTRAÇÃO

Get Started. It's Free
or sign up with your email address
VIAS DE ADMINISTRAÇÃO by Mind Map: VIAS DE ADMINISTRAÇÃO

1. Oral

1.1. Vantagens

1.1.1. Mais ultilizada

1.1.2. Segura

1.1.3. Auto administração

1.2. Desvantagens

1.2.1. Pode irritar a mucosa gástrica

1.2.2. Não é indicada para pacientes com náuseas e vômitos

1.2.3. Metabolismo de primeira passagem

1.3. Formas farmacêuticas

1.3.1. Sólido: Comprimidos, cápsulas, pastilhas, Drágeas, pós para reconstituição, gotas, xaropes, soluções orais e suspensão

1.4. Exemplos de fármacos

1.4.1. Comprimidos (Tylenol), Cápsulas (Resfrenol), Drágeas (Neosaldina)

2. Sublingual

2.1. Vantagens

2.1.1. Efeito sistêmico em curto espaço de tempo

2.1.2. Urgências - ataque cardíaco

2.1.3. Não sofre metabolismo de primeira passagem (diretamente circulação sistêmica)

2.2. Desvantagens

2.2.1. Absorção errática e incompleta para alguns fármacos

2.2.2. Paciente não deve deglutir

2.2.3. Substâncias irritantes e sabor desagradáveis

2.3. Formas farmacêuticas

2.3.1. Comprimidos sublinguais

2.4. Exemplos de fármacos

2.4.1. Zolmitriptano indicado para casos de enxaqueca

3. Intravenosa

3.1. Vantagens

3.1.1. Concentração precisa

3.1.2. Única dose

3.1.3. Rápido - Emergências

3.2. Desvantagens

3.2.1. Profissional treinado

3.2.2. Embolia

3.2.3. Custos

3.3. Formas farmacêuticas

3.3.1. Líquidas: Soluções e suspensões injetáveis

3.4. Exemplo de fármacos

3.4.1. Morfina

4. Intramuscular

4.1. Vantagens

4.1.1. Vascularizado: absorção rápida

4.1.2. Pacientes não cooperativos

4.1.3. Aplicação única/prolongados

4.2. Desvantagens

4.2.1. Pacientes com mecanismos de coagulação prejudicados

4.2.2. Dor no local da aplicação

4.2.3. Invasivo

4.3. Formas farmacêuticas

4.3.1. Líquidas. Soluções injetáveis

4.4. Exemplo de fármaco

4.4.1. Benzatacil

5. Subcutânea

5.1. Vantagens

5.1.1. Absorção constante e lenta - efeito constante

5.1.2. Dificuldade de punção nas veias

5.1.3. Menor risco de complicação

5.2. Desvantagens

5.2.1. Locais de administração devem ser alternados

5.2.2. Fármacos irritantes

5.3. Formas farmacêuticas

5.3.1. Semi- sólido: Soluções topicas, pomadas, cremes, loções, gel e adesivos

5.4. Exemplos de fármacos

5.4.1. Adesivo analgésico Salompas

6. Intradérmica

6.1. Vantagens

6.1.1. É ultilizada para fazer dessensibilização e auto vacinas

6.1.2. Injetáveis fácil acesso (deltóide) e efeito local

6.2. Desvantagens

6.2.1. É muito restrita e usado para pequenos volumes (0,1 a 0,5 mililitros)

6.3. Exemplo de fármaco

6.3.1. Vacina BCG (contra tuberculose)

6.4. Formas farmacêuticas

6.4.1. Soluções e suspensões injetáveis

7. Transdérmica

7.1. Vantagens

7.1.1. Efeitos colaterais reduzidos

7.1.2. Níveis constantes de substância no organismo

7.1.3. Possibilidade de aplicação em diversas partes do corpo

7.2. Desvantagens

7.2.1. Alergias e irritações na pele ou sistêmicas

7.2.2. Limitação de dose

7.2.3. Tempo para o fármaco agir

7.3. Formas farmacêuticas

7.3.1. Semi-sólidas: Pomada, cremes, géis, pastas, etc ..

7.4. Exemplos de fármacos

7.4.1. Creme, pomadas géis. Ex.: Cetoconazol e Acnase