23 Hábitos anti-procastinaçõo

Get Started. It's Free
or sign up with your email address
23 Hábitos anti-procastinaçõo by Mind Map: 23 Hábitos anti-procastinaçõo

1. *5. Descubra como cada novo projeto está relacionado a um objetivo.

2. S.J. Scott

3. HAP #8: Desenvolva Processos e Projetos Individuais

3.1. Desculpa Eliminada: “Sinto-me sobrecarregado e tenho muita coisa para fazer”

3.2. Quando ficamos sobrecarregados, muitas vezes usamos a multitarefa para realinhar as perspectivas.

3.2.1. O problema?

3.2.1.1. Atividades múltiplas normalmente trazem mais problemas que soluções.

3.2.1.1.1. Geralmente, quando você divide sua atenção, está despendendo metade do esforço e produzindo metade dos resultados.

3.2.2. A solução

3.2.2.1. A atividade única

3.2.2.1.1. Em lugar de tentar reunir atividades separadas em um bloco de tempo, você pode desenvolver o hábito de trabalhar as atividades individualmente.

3.2.2.1.2. é, também, uma estratégia eficaz para projetos de longo prazo.

3.3. Implementação de Hábito

3.3.1. O hábito da atividade única leva algum tempo para se desenvolver.

3.3.2. * 1. Inicie uma rotina diária somente quando estiver empenhado em concluí-la.

3.3.3. * 2. Priorize projetos de acordo com o imediatismo e seus benefícios em longo prazo.

3.3.4. * 3. Trabalhe no Projeto A até que ele esteja totalmente concluído.

3.3.5. * 4. Repita o processo com os projetos B, C, D e E.

3.3.6. * 5. Evite o risco do retrocesso, fazendo uma revisão semanal e analisando as prioridades atuais do seu projeto.

4. HAP #7: Agrupe tarefas rotineiras semelhantes

4.1. Desculpa Eliminada: “Continuo me esquecendo de fazer isso”

4.2. Agrupar é semelhante ao processo de verificação que acabamos de discutir.

4.2.1. A diferença é que você usa tempo / estímulos ambientais específicos como lembretes para fazê-lo.

4.3. efeitos positivos

4.3.1. Primeiramente, você irá cumprir essas pequenas tarefas que precisam ser executadas diariamente.

4.3.2. Em segundo lugar, evitará que seu tempo “encolha” ao gerenciá-lo com um relógio em segundo plano.

4.3.3. Finalmente, terá mais tempo para trabalhar em projetos que produzem 80% dos seus resultados.

4.4. Implementação do Hábito

4.4.1. * 1. Identificar pequenas tarefas semelhantes em ação e resultado.

4.4.2. * 2. Agrupá-las em uma ordem lógica.

4.4.3. * 3. Criar um processo passo a passo e adicioná-lo a um fichário.

4.4.4. * 4. Programar um período de tempo todos os dias para trabalhar este hábito.

5. HAP #6: Crie lembretes para tudo

5.1. Desculpa Eliminada: “Preciso fazer ____________primeiro”

5.2. instruções detalhadas (mas simples de seguir)

5.2.1. Se costuma fazer uma determinada tarefa regularmente, inclua a mesma em uma lista de verificação passo a passo.

5.2.2. O processo é fácil de ser sistematizado.

5.2.2.1. Separe algumas horas do dia e analise o que costuma fazer semanalmente.

5.2.2.2. Identifique as tarefas que exigem várias etapas

5.2.2.2.1. ("verificar e-mail" não precisaria de um processo, mas "elaborar o Relatório de *TEP" iria funcionar).

5.2.2.3. Depois de identificar todos os seus processos, transforme-os em sistemas passo a passo.

5.2.2.3.1. É semelhante à criação de uma lista de projetos (HAP #5),

5.3. Implementação do Hábito

5.3.1. é possível fazê-lo através do desenvolvimento de um hábito que é similar à definição de um projeto:

5.3.2. * 1. Use o mesmo fichário ou caderno de sua lista de projetos.

5.3.3. * 2. Dedique uma página para cada processo de rotina.

5.3.4. * 3. Anote as ações que precisam ser concluídas.

5.3.5. * 4. Siga o passo a passo sempre que estiver fazendo a tarefa rotineira.

5.3.6. * 5. Procure maneiras de melhorar e atualizar este processo.

6. HAP #5: Crie listas de projetos

6.1. 99

6.2. Desculpa Eliminada: “Preciso fazer ______ primeiro”

6.3. A procrastinação muitas vezes acontece quando um projeto não está devidamente definido

6.3.1. É fácil adiar algo quando sentimos que devemos dar um determinado passo antes de começar.

6.3.2. Na verdade, esta desculpa é uma maneira de dizer que você não definiu corretamente os passos específicos para agir.

6.4. Solução

6.4.1. A solução é definir claramente todas as tarefas que precisam ser realizadas para cada um destes projetos.

6.4.1.1. É assustador começar um novo projeto.

6.4.1.2. Muitas vezes, evitamos agir porque algo nos parece muito difícil ou desafiador.

6.4.1.3. Quando dividimos tudo em etapas com passos simples de seguir, veremos que não é difícil fazer as coisas.

6.4.1.4. Com uma lista de projetos, é possível dividir uma tarefa enorme em partes menores.

6.4.1.5. Sua única preocupação será dar o próximo passo, e não o décimo item na sua lista.

6.4.1.6. Não é preciso se preocupar com os resultados do projeto, você simplesmente faz o trabalho.

6.4.1.7. Crie uma lista de projetos para todos os aspectos de sua vida.

6.4.1.7.1. Logo, se tiver várias coisas para fazer, necessitará de várias listas.

6.4.1.8. Mantenha uma folha separada para cada projeto.

6.4.1.9. Comece

6.4.1.9.1. estabelecendo o objetivo que você gostaria de alcançar e, em seguida, trabalhe começando pelo primeiro item, identificando as medidas práticas ao longo do caminho.

6.4.1.10. A chave para esse hábito

6.4.1.10.1. é se concentrar em medidas específicas, de ação simples. Evite afirmações nebulosas como "descobrir como fazer _____."

6.4.1.10.2. anote o passo exato que você precisa dar para excluí- lo de sua lista.

6.4.1.11. Finalmente,

6.4.1.11.1. é importante atualizar esta lista de acordo com a evolução do projeto.

6.5. Implementação do Hábito

6.5.1. Eis aqui um processo simples para desenvolver o hábito da lista de projetos:

6.5.2. * 1. Compre um fichário ou caderno.

6.5.3. * 2. Dedique uma página para cada projeto atual.

6.5.4. * 3. Pense no principal objetivo ou resultado deste projeto.

6.5.5. * 4. Anote os passos de ação que precisam ser concluídos.

6.5.6. * 5. Faça pelo menos um item desta lista todos os dias.

6.5.7. * 6. Atualize este projeto quando obtiver um “feedback” de suas ações.

7. HAP #4: Crie um sistema de 43 pastas

7.1. Implementação

7.1.1. Desenvolver o hábito das 43 pastas requer alguns gastos, mas é um investimento que vale a pena para nunca mais esquecer um item importante. Veja como começar:

7.1.2. * 1. Separe um local em sua casa para deixar a documentação e as tarefas de processamento organizadas.

7.1.3. * 2. Compre um armário simples e 50 pastas com etiquetas.

7.1.4. * 3. Coloque cada tarefa ou ideia em um local central.

7.1.5. * 4. Reveja esses itens como parte de uma revisão semanal.

7.1.6. * 5. Agende um mês / dia para revisar projetos ou tarefas em potencial.

7.1.7. * 6. Repita o processo a fim de revisar toda essa documentação.

7.1.8. * 7. Crie um lembrete diário para checar a pasta do dia.

7.2. O hábito das 43 pastas constitui um mecanismo simples para que você nunca se esqueça de uma ideia.

7.2.1. Quando cria um lembrete para acompanhar as tarefas, sua mente não fica ocupada dando voltas desnecessárias.

7.2.2. Acontece o oposto, você ficará livre para se concentrar em tarefas e projetos atuais.

8. HAP #3: Anote suas ideias

8.1. Desculpa Eliminada:

8.1.1. “Sinto-me sobrecarregado e tenho muita coisa para fazer”

8.2. Efeito Zeigarnick

8.2.1. qualquer pensamento incompleto ocupará a mente até que você escreva ou elabore um plano sobre a maneira de fazê-lo

8.2.2. Plano de ação sobre uma determinada idéia

8.2.2.1. a ausência de um

8.2.2.1.1. gera

8.2.3. se não esvaziar regularmente as ideias em sua cabeça, elas irão impactar negativamente a sua capacidade de manter o foco em tarefas atuais.

8.3. Qual é a solução?

8.3.1. Crie o "hábito de anotar as ideias”, em que você nunca deixa um pensamento passar despercebido.

8.3.2. É por isso que a anotação de uma ideia "completa o círculo” que muitas vezes bloqueia a nossa capacidade de fazer as coisas.

8.3.2.1. Em outras palavras, quando sua mente está cheia de pensamentos aleatórios, você não está 100% comprometido com a tarefa que tem em mãos.

8.3.3. Em outros momentos, você pode até acordar no meio da noite com uma ideia brilhante.

8.3.4. Existem duas maneiras de captar ideias.

8.3.4.1. caderno

8.3.4.2. Virtual

8.3.4.3. Faça isso diariamente e terá uma mente clara, que permitirá a você se concentrar completamente em um projeto atual.

8.4. Implementação do Hábito

8.4.1. * 1. Leve uma ferramenta para anotar ideias onde quer que você vá.

8.4.2. * 2. Acrescente cada pensamentono segundo em que ele aparecerem sua mente.

8.4.3. * 3. Dê uma olhada nessas anotações uma vez por semana.

8.4.4. * 4. Elabore um plano de ação para cada ideia.

9. HAP #2: Relacione cada ação a um objetivo M.A.R.T.E.

9.1. Desculpa Eliminada: “Não importa”

9.2. É fácil autossabotar o seu dia simplesmente não criando prioridades. O resultado final é que estará, muitas vezes, focado em atividades de pouca importância que não geram resultados significativos.

9.3. solução

9.3.1. melhorar a sua capacidade de escolher quais projetos devem ser trabalhados e quais devem ser evitados.

9.3.2. adquira o hábito de relacionar cada tarefa a um objetivo. Sempre que estiver prestes a começar algo, pergunte a si mesmo como isto se encaixa em seus planos de longo prazo.

9.3.3. Estabelecer metas será a sua arma secreta na luta contra a procrastinação. Saber o que é importante cria uma estrutura em sua rotina diária.

9.3.3.1. ocê não ficará mais paralisado diante de uma tarefa específica. Em vez disso, irá agir, porque saberá como ela se encaixa em seus planos de longo prazo.

9.3.4. Você pode desenvolver este hábito definindo regularmente os objetivos M.A.R.T.E., que é um acrônimo para: mensurável, atingível, relevante, tempo- limite e específico.

9.4. M.A.R.T.E

9.4.1. mensurável,

9.4.1.1. O primeiro aspecto do objetivo M.A.R.T.E. é criar um resultado que possa ser medido. Em algum momento você quer saber - sem sombra de dúvida - que atingiu esse objetivo.

9.4.1.2. Por exemplo,

9.4.1.2.1. "fazer um discurso" não é um resultado mensurável. Por outro lado, "fazer um discurso de 15 minutos" é algo que você pode quantificar. Ou você faz ou não faz.

9.4.1.3. Seja ultraespecífico com seus objetivos.

9.4.1.3.1. Não basta dizer que irá "aprender a falar em público". Como alternativa, crie uma série de métricas que se concentrem na melhoria contínua.

9.4.2. atingível,

9.4.2.1. Certifique-se de que seus objetivos sejam realizáveis. Defina os que são um desafio, mas que podem ser realizados com trabalho árduo.

9.4.2.2. Sempre que realizar algo, crie uma nova meta, mais desafiadora. Continue indo além em tudo o que pensa ser possível em sua vida.

9.4.3. relevante,

9.4.3.1. Cada meta deve ser relevante para o que você quer. Ela não deve ser empurrada para você por seus pais, cônjuge ou amigos. Ela deve se basear nos resultados que você realmente deseja. Você terá que ser a pessoa interessada em agir. Quando as metas provêm de uma paixão pessoal, é mais fácil completá- las.

9.4.4. tempo- limite

9.4.4.1. Vincule suas metas a um período de tempo específico.

9.4.4.1.1. Particularmente, gosto de definir dois objetivos:

9.4.4.2. Uso

9.4.4.2.1. ** Educação (formal e informal ** Carreira ou negócio ** Saúde e bem-estar ** Lazer ** Relacionamentos ** Religião ** Finanças ** Serviço comunitário

9.4.4.2.2. Não é necessário focar-se em todas de uma vez. Na verdade, é melhor criar objetivos em áreas de sua vida que atualmente tenham um significado pessoal.

9.4.4.2.3. total

9.4.4.3. O mais importante é desenvolver o hábito de incentivar sua ação diariamente.

9.4.4.3.1. Metas por resultado podem ser desencorajadoras se você não alcançar os números que estabeleceu.

9.4.4.3.2. Metas por desempenho são melhores, pois o mantêm focado no processo de melhora contínua em lugar do resultado “tudo ou nada”.

9.4.5. específico.

9.4.5.1. Estas são as seis perguntas que você precisa fazer:

9.4.5.1.1. quem o que onde quando qual por quê

9.4.5.1.2. Responder a essas perguntas nos oferece uma maneira rápida de criar um objetivo claro com um resultado mensurável:

9.4.5.1.3. ** Quem: Quem está envolvido? ** O que: O que você quer realizar? ** Onde: Onde você vai realizar a meta? ** Quando: Quando você quer fazer isso? ** Qual: Quais características e obstáculos podem estar em seu caminho? ** Por que: Por que você está fazendo isso?

9.4.5.1.4. Aqui está um grande exemplo de um objetivo específico:

9.4.6. Implementação do Hábito

9.4.6.1. Como utilizar os objetivos M.A.R.T.E. para combater a procrastinação:

9.4.6.2. *1. Pense no que gostaria de alcançar nos próximos três meses.

9.4.6.3. *2. Estabeleça objetivos M.A.R.T.E. para diferentes áreas de sua vida.

9.4.6.4. *3. Crie um plano de ação para cada meta (falaremos mais sobre isso depois).

9.4.6.5. *6. Elimine/delegue tudo o que não tem ligação com seus objetivos atuais.

9.4.6.6. *7. Ao final de três meses, avalie seu sucesso de forma geral.

9.4.6.7. *8. Crie novas metas e torne-as mais desafiadoras.

9.4.7. *4. Revise estes objetivos diariamente.

10. 7 Desculpas que você pode arranjar para procrastinar

10.1. É muito fácil arrumar uma desculpa para não começar uma tarefa. A questão é saber quando a razão é válida e quando é uma forma criativa de evitar agir.

10.2. A maioria dos nossos sentimentos de procrastinação vêm de um medo subconsciente ou crença autolimitante.

10.2.1. Quando você arruma um tempo para explorar esses pensamentos, acaba descobrindo que é mais fácil superá-los e criar uma mentalidade orientada para a ação.

10.2.2. Quando você arruma um tempo para explorar esses pensamentos, acaba descobrindo que é mais fácil superá-los e criar uma mentalidade orientada para a ação.

10.2.3. Quando esses pensamentos não são contidos, arrumamos "desculpas" para o porquê de um projeto ou tarefa não poder ser concluído.

10.2.4. No entanto, quando você desafia essas desculpas, percebe que a maioria delas é causada por medos ocultos ou padrões de hábitos destrutivos.

10.2.5. Existem sete desculpas que as pessoas geralmente dão. Entenda por que elas acontecem e você estará um passo mais perto de superar a procrastinação

10.3. Desculpa 1: “Não importa”.

10.3.1. Uma das soluções mais fáceis para a desculpa do "não importa" é desenvolver o hábito de tomar decisões simples.

10.3.1.1. Conforme veremos, uma das melhores maneiras de superar a procrastinação é tomando decisões difíceis em sua vida, mesmo que isso signifique eliminar coisas que antes pareciam importantes.

10.3.2. DECISÃO

10.3.2.1. IMPORTANTE

10.3.2.1.1. MANTEM

10.3.2.2. DESINPORTANE

10.3.2.2.1. EXCLUI

10.4. Desculpa 2: “ Preciso fazer ____________primeiro”.

10.4.1. Os projetos muitas vezes ficam suspensos porque uma determinada tarefa precisa ser concluída antes que se faça qualquer outra coisa. Seja um telefonema, um projeto conflitante ou uma simples compra, é fácil procrastinar quando há algo que precisa ser feito antes de qualquer outra coisa.

10.4.2. Você pode eliminar esta desculpa para sempre, desenvolvendo o hábito de definir completamente cada projeto. A chave é dividi-lo em uma série de pequenas ações adotadas diariamente. (Crédito para Getting Things Done por esta grande “sacada”).

10.4.3. PROCESSOS

10.5. Desculpa 3: “Preciso de mais informações para poder começar”.

10.5.1. obter mais informações.

10.6. Desculpa 4: “Sinto-me sobrecarregado e tenho muita coisa para fazer”.

10.6.1. Geralmente este problema acontece com as pessoas que possuem a “mentalidade do Super- Homem",

10.6.1.1. quando se sentem pessoalmente responsáveis por fazer tudo por conta própria.

10.6.2. Sentimentos de opressão podem ser eliminados com foco em projetos importantes e, também, delegando ou eliminando o resto.

10.6.3. 80/20

10.7. Desculpa 5: “Não tenho tempo agora”.

10.7.1. Dizer que você não tem tempo suficiente agora promete um futuro perfeito, quando o trabalho será mais fácil, menos complicado e divertido de fazer. Inconscientemente, porém, muitas pessoas usam essa desculpa com a esperança secreta de que a necessidade de fazer a tarefa acabará desaparecendo.

10.7.2. Se você continuar adiando a ação até este fantasioso “alguma dia”, as chances de que você nunca irá lidar com este projeto são muito altas.

10.7.3. Realizar

10.7.3.1. data

10.7.3.1.1. x

10.8. Desculpa 6: “Continuo me esquecendo de fazer isso”.

10.8.1. O ponto aqui é que o "esquecimento" não é uma razão válida para a procrastinação.

10.9. Desculpa 7: “Não estou com vontade de fazer isso”.

10.9.1. quente/ frio

10.9.2. A melhor solução é verificar por que você está temendo a tarefa, a fim de analisar se este é um sintoma de um problema maior.

11. O segredo para começar a agir é entender por que você está adiando

12. A solução mais simples para eliminar a procrastinação é não lutar contra ela. Em vez disso, você precisa substituí-la por boas rotinas que beneficiem a sua vida.

12.1. Você irá descobrir que quando uma tarefa difícil passa a ser um hábito, torna-se difícil deixá-la de lado. Eventualmente, você irá fazê-lo sem pensar - como escovar os dentes, assistir TV e dirigir um carro. Tudo que você precisa é de um modelo que o ajude a transformar qualquer tarefa em um processo diário que seja concluído.

13. Uma das maiores razões pelas quais as pessoas procrastinam é porque uma tarefa entra em choque com seus hábitos estabelecidos.

13.1. Sempre que você tenta fazer algo que não faz parte da sua rotina diária, é preciso esforço e força de vontade para completá-lo. Especialmente se a tarefa for desagradável.

14. Tanto os bons quanto os maus hábitos foram formados através da repetição.

15. HAP #1: Use a regra 80/20 para Tomar Decisões

15.1. Desculpa Eliminada: "Não tenho tempo agora”

15.2. Vilfredo Pareto,

15.3. Passo #1: Identifique as tarefas 80/20

15.4. Passo #2: Faça uma pergunta simples

15.4.1. Seu tempo é um recurso finito. Cada minuto gasto em uma tarefa é menos um minuto de sua vida. Então, por que você deve gastar o seu tempo fazendo algo que não é importante?

15.5. Passo #3: Elimine ou delegue

15.5.1. Se você tem dificuldade em encontrar tempo para um novo projeto, precisa checar tudo o que faz com frequência. As probabilidades são de que você faça certas coisas que o afastam das suas tarefas 80%. Estas são tarefas que devem ser eliminadas ou delegadas

15.6. Passo #4: Não acrescente, substitua

15.6.1. Ao iniciar um novo projeto, resista ao impulso de adicioná-lo à sua pilha de coisas para fazer.

15.6.1.1. Em vez disso, uma solução mais simples é substituir o projeto por outro que não está gerando resultados.

15.7. Passo #5: Pratique a “procrastinação criativa”

15.7.1. Lista

15.7.1.1. Algum dia

15.7.1.2. Segredo

15.7.1.2.1. Revisão

15.7.2. Quando você sabe que um projeto não é uma atividade de 80%, é perfeitamente possível colocá-lo na lista do "algum dia." Você vai protelar essa ação com o entendimento de que só fará isso se mais tarde ela se tornar mais importante em sua vida.

15.8. Implementação do Hábito

15.8.1. * 1. Realize uma avaliação mensal que revise as suas atividades diárias.

15.8.2. * 2. Identifique as atividades que

15.8.2.1. geram 80% mais resultados.

15.8.3. * 3. Elimine ou delegue as

15.8.3.1. atividades que não fazem parte

15.8.3.1.1. dos seus 80%.

15.8.4. * 4. Pergunte: "Será que essa

15.8.4.1. tarefa ajuda ou prejudica as

15.8.4.1.1. minhas atividades 80/20?"

15.8.5. * 5. Se valer a pena persegui-lo,

15.8.5.1. substitua-o por outro projeto. Não

15.8.5.1.1. acrescente mais nada em uma

15.8.6. * 6. Pratique a procrastinação

15.8.6.1. criativa com tarefas que não

15.8.6.1.1. sejam importantes.

16. '110

17. Propósito

17.1. Wendel