GESTÃO DE PROJETOS

Get Started. It's Free
or sign up with your email address
Rocket clouds
GESTÃO DE PROJETOS by Mind Map: GESTÃO DE PROJETOS

1. Projeto

1.1. Restrições de recursos

1.1.1. Recursos Humanos

1.1.2. Recursos financeiros

1.1.3. Recursos materiais

1.1.4. Conhecimento o "knowhow"

1.2. Empreendimento temporário - Temporariedade

1.3. Planejados, organizados e controlados

1.4. Gera produto ou serviço Único

1.5. Realizado por pessoas

2. O que motiva o projeto

2.1. Fatores internos - Necessidade do negócio

2.1.1. Melhoria da eficiência

2.1.2. Redução de risco

2.1.3. Avanço tecnológico

2.1.4. Melhoramento do clima organizacional

2.2. Fatores Externos

2.2.1. Requisição do cliente

2.2.1.1. Proatividade

2.2.1.1.1. Apple

2.2.2. Movimentos da concorrência

2.2.2.1. Reativa

2.2.2.1.1. Sansung

2.2.3. Fatores tecnológicos

2.2.3.1. O mercado é bem maior que o cliente

2.2.4. Demanda geral do mercado ou da sociedade

2.2.4.1. O projeto visa mais que o consumidor final, mas a imagem

2.2.5. Obrigação legal

2.2.5.1. A legislação manda, a empresa se adequa

2.2.5.1.1. Esocial

2.2.5.1.2. Lei dos canudos

3. Fluxo de nascimento

3.1. Proposta de projeto

3.2. Termo de abertura

3.3. Plano de projeto

4. PMBOK

4.1. Áreas de conhecimento

4.1.1. Escopo

4.1.2. Tempo

4.1.3. Custo

4.1.4. Qualidade

4.1.5. RH

4.1.6. Aquisição

4.1.7. Risco

4.1.8. Comunicação

4.1.9. Stakeholders

4.1.10. Integração

4.2. GP

4.2.1. 5 habilidades fundamentais

4.2.1.1. Comunicação

4.2.1.2. Influência na empresa

4.2.1.2.1. Política

4.2.1.2.2. Peso da pessoa na empresa

4.2.1.3. liderança

4.2.1.4. Negociação

4.2.1.4.1. Prazo

4.2.1.4.2. Preço

4.2.1.4.3. Qualidade

4.2.1.4.4. Equipe

4.2.1.5. Tomada de decisão

5. PMO

5.1. Papéis

5.1.1. Suporte

5.1.2. Controle

5.1.3. Diretivo

6. Tipos de estrutura organizacional x Projeto

6.1. Estrutura Funcional

6.2. Estrutura Matricial

6.2.1. Matriz fraca

6.2.2. Matriz Balanceada

6.2.3. Matriz Forte

6.3. Estrutura projetizadas

6.3.1. Ag de Publicidade

6.3.2. Escritório de advocacia

6.3.3. Etc

7. Ciclo de vida de um projeto genérico

7.1. necessidade de staff

7.1.1. No gráfico, a curva tende a subir e cair no final

7.2. Conflitos

7.2.1. Dissonância - bem vindo quando na esfera técnica - não há como fazer gráfico pois não tem como fazer gráfico onde tem interação humana

7.3. Índice de motivação

7.3.1. não há como fazer gráfico pois é algo interno/subjetivo

7.4. Grau de risco e incertezas

7.4.1. O gráfico é progressivo e os riscos e incertezas vão caindo, pois as lições aprendidas crescem

7.5. Impactos

7.5.1. Os custos das mudanças no início são mais fáceis, rápidos e barato

7.6. Grau de intervenção dos stakeaholders

7.6.1. o gráfico é descendente

8. Gerência

8.1. Gerência de Escopo

8.1.1. EAP - Estrutura Analítica do Projeto

8.2. Gerência de Cronograma

8.2.1. Definição de atividades

8.2.1.1. Sequenciamento de atividades

8.2.1.1.1. Estimativa de recursos por atividade

8.3. Gerência de Custos

8.3.1. Estimativa de custos

8.3.2. Orçamentação

8.3.3. Controle de custos

8.4. Gerência de qualidade

8.4.1. Diagrama Ishikawa

8.4.1.1. Lida com possibilidades

8.5. Gerência de recursos

8.6. Gerência de riscos

8.7. Gerência de aquisição

8.7.1. SLA

8.7.2. Multas e recompensas

8.8. Gerência dos Stakeholders

8.8.1. Identificar as partes interessadas

8.8.2. Planejar o gerenciamento das partes interessadas

8.8.3. Gerenciar o envolvimento das partes interessadas

8.8.4. Monitorar e controlar o envolvimento das partes interessadas

8.9. Gerência de Integração

9. Porque fracassam?

9.1. Aumento de Escopo e/ou mudança de especificações (37%)

9.2. Envolvimento inadequado dos stakeholders (20%)

9.3. Apoio insuficiente do Sponsor/Nível Executivo (16%)

9.4. Outro motivo (12%)

9.5. Problemas na equipe do projeto (6%)

9.6. Recursos insuficientes (5%)

9.7. Tempo insuficiente (2%)

9.8. Orçamento insuficiente (2%)