Aula 1 – Conceito e Objetivo de Estudo da Administração

Get Started. It's Free
or sign up with your email address
Aula 1 – Conceito e Objetivo de Estudo da Administração by Mind Map: Aula 1 – Conceito e Objetivo de Estudo da Administração

1. Primordios da Administração

1.1. - Origem nos tempos mais remotos, as pessoas precisavam seguir preceitos da Administração para atingir seus objetivos.

1.1.1. Exemplos: - Construção das Pirâmides de Queops; - Ptolomeu com o planejamento econômico; - Código de Hamurabi e os princípios que regiam a vida e a propriedade; - Promulgação da Constituição Chinesa com as Regras da Administração Pública de Confúcio; - Sun Tzu e sua obra A Arte da Guerra.

1.2. - Em consequência da Revolução Industrial, surge a Administração da atualidade.

1.2.1. Causa 1- crescimento acelerado e desorganizado das empresas.

1.2.2. Causa 2- necessidade de uma maior eficiência diante da concorrência e das exigências do mercado.

1.3. - Início da Administração Científica no inicio de século XX.

1.3.1. Marco para os estudos específicos da Administração e das Organizações que surgiram nessa época.

1.4. - Influência de grandes filósofos

1.4.1. Sócrates - define administração como uma habilidade pessoal separada do conhecimento técnico e da experiência.

1.4.2. Platão - análise dos problemas decorrentes do desenvolvimento social e cultural, sobre a visão da República.

1.4.3. Aristóteles - criador da lógica, distingue monarquia, aristocracia e democracia.

1.4.4. Bacon - defende que o essencial prevalece sobre o acessório

1.4.5. Descartes - defende o princípio da dúvida ou da evidência.

2. A Sociedade Organizacional

2.1. Surgimento de Taylor e Ford

2.1.1. Buscavam a eficiência dos processos de produção e de suprimentos.

2.2. Surgimento de Du Pont e Sloan

2.2.1. Trouxeram propostas de soluções que finalizaram o modelo das grandes corporações.

2.3. Definição de Organização, por Maximiano

2.3.1. - É um sistema de recursos que procura realizar algum tipo de objetivo.

2.3.1.1. - Componentes importantes:

2.3.1.1.1. - Processos de transformação.

2.3.1.1.2. - Divisão de trabalho.

2.4. Surgimento das primeiras sociedades organizadas:

2.4.1. Igreja Católica: - Estrutura com hierarquia de autoridade, de estado-maior e coordenação funcional. - Organização hierárquica simples e eficiente. - Única cabeça executiva delegada por autoridade divina superior: o Papa,

2.4.2. Organizações Militares: - Hierarquia de autoridade rígida. - Princípios e práticas administrativas que moldaram as empresas.

3. Modelos de Organização

3.1. Mecanicista

3.1.1. - Ênfase nas regras.

3.1.2. - Organizações hierarquizada.

3.1.3. - Adequadas a condições ambientais estáveis.

3.1.4. Exemplo: bancos

3.2. Orgânico

3.2.1. - Ênfase nas pessoas.

3.2.2. - Organizações flexíveis.

3.2.3. - Redefinição contínua de tarefas.

3.2.4. - Organogramas de pouca utilidade.

3.2.5. - Adequadas a condições ambientais donâmicas.

3.2.6. Exemplo: time de jogadores, centro acadêmico.

3.3. Tipos de Organizações.

3.3.1. - Organização empresarial.

3.3.1.1. - Tipo mais simples de organização.

3.3.1.2. - Adota um executivo principal.

3.3.1.3. - Foca na estratégia do negócio.

3.3.2. - Organização máquina.

3.3.2.1. - Baseada em atividades repetitivas.

3.3.2.2. - Tem uniformidade.

3.3.2.3. - Práticas administrativas padronizadas.

3.3.2.4. - Se baseia em um grupo de dirigentes que comanda as áreas.

3.3.3. - Organização profissional.

3.3.3.1. - Apoia-se na gestão do conhecimento.

3.3.3.2. - Dominada por especialistas em Treinamento e Desenvolvimento.

3.3.4. - Organização diversificada.

3.3.4.1. - São as grandes corporações.

3.3.4.2. - Várias unidades de negócios independentes.

3.3.4.3. - Resulta da subdivisão de uma organização máquina.

3.3.5. - Organização inovadora.

3.3.5.1. - Valorizam a pesquisa e inovação constantes.

3.3.5.2. - Atuam em ambientes orgânicos e descentralizados.

3.3.5.3. - Pequena estrutura formal.

3.3.5.4. - Estrutura e resultados sustentados pela cooperação.

3.3.6. - Organização missionária.

3.3.6.1. - Baseia na influência sobre as pessoas.

3.3.6.2. - Utiliza as crenças e ideologias.

3.3.7. - Organização política.

3.3.7.1. - busca solução de conflitos.

3.3.7.1.1. - O conflito estimula a mudança e a inovação.

3.3.7.1.2. - Não compromete o funcionamento da organização.

3.3.7.2. - não tem coordenação ou orientação geral.

4. CONCLUSÕES

4.1. - A utilização de práticas administrativas tem ligação com as necessidades e os recursos dos grupos sociais.

4.2. - A administração tem o objetivo de mediar as relações sociais.

4.3. - Melhora as relações e satisfaz os anseios dos participantes.

4.4. - Os Objetivos determinados pela sociedade, alimentados pelos Recursos disponíveis, necessitarão das Decisões para termos alguma ação.

4.5. - Uma organização pode ter mais de uma configuração ao mesmo tempo ou diferentes configurações.

4.6. - Administrar é: o ato de tomar decisões, utilizando os recursos disponíveis para se atingir um objetivo.

4.7. - Administrar é: utilizar os recursos, tomando decisões para atingir um objetivo.

4.8. - Administrar é: atingir um objetivo por meio das decisões sobre a utilização dos recursos.